Você está aqui:Home » 2012 » outubro

Ataques

Os senadores Rodrigo Rollemberg (PSB/DF) e Cristovam Buarque (PDT/DF) enviaram na tarde de ontem um ofício ao Tribunal de Contas do Distrito Federal. O objetivo é que o contrato assinado entre a Terracap e a empresa de consultoria Jurong Consultants, sediada em Singapura, no valor de R$ 8,6 milhões, seja cancelado. Os senadores pedem que o TCDF tome as providências no sentido de que, enquanto não forem real ...

Ler mais

PO no DEM

O ex-vice-governador do DF, Paulo Octávio, está de volta ao DEM. Segundo fonte da coluna, PO voltou a se filiar no partido, de onde estava licenciado desde a Operação Caixa de Pandora. A notícia foi confirmada ontem pelo presidente do partido no DF, Alberto Fraga. “Assinei a ficha dele e tenho toda a confiança de que ele pode fazer a articulação necessária para oxigenar o DEM”, disse. Paulo Octávio, como já ...

Ler mais

Vai ter que esperar

Conforme já noticiado pela coluna na semana passada, o ex-governador José Roberto Arruda vai ter que esperar mais um pouco se quiser ser candidato nas próximas eleições. Isto é, se conseguir. Ons e Offs publicou que as contas de 2009 do ex-governador estavam paradas no Tribunal de Contas do DF, com grandes chances de serem rejeitadas. Pois ontem, por maioria de três votos, o plenário do TCDF decidiu sobrest ...

Ler mais

Oposição?

Presidente do DEM-DF, Alberto Fraga acredita que o Governo Agnelo não tem oposição no Distrito Federal. “Que oposição? As três oposicionistas da Câmara Legislativa não fazem oposição. Uma pena”, disparou Fraga. Fonte: Coluna ONs e OFFs - Lívio di Araújo ...

Ler mais

Valério oferece delação premiada ao STF e diz correr risco de vida

A Procuradoria Geral da República terá que decidir o que fazer com um ofício que chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF) em setembro, assinado por advogados do operador do mensalão, Marcos Valério, sugerindo a delação premiada – quando o réu pode colaborar com a Justiça contando mais detalhes do crime em troca de benefícios. No documento, a defesa também afirma que Valério está correndo risco de morte e, p ...

Ler mais

Sem desculpas para acabar com 14º e 15º

A bola está com a Comissão de Finanças e Tributação (CFT) da Câmara e a desculpa de falta de quórum para votar a proposta que acaba com o 14º e o 15º salários de deputados e senadores não serve mais. Mesmo em meio à ressaca das eleições e em véspera de feriado, 422 deputados estiveram oficialmente no plenário ontem, dos quais 53 são integrantes da CFT. Ou seja, o número de parlamentares presentes em Brasíli ...

Ler mais

Contas de Arruda foram sobrestadas

Por maioria de três votos, o plenário do Tribunal de Contas do DF (TCDF) decidiu na tarde desta terça-feira (30/10) sobrestar a análise das contas do ex-governador José Roberto Arruda referentes ao exercício de 2009. Dois conselheiros, Anilcéia Machado e Manoel de Andrade, seguiram parcialmente o voto do relator do caso, Inácio Magalhães, que votou pelo sobrestamento da análise das contas até o julgamento n ...

Ler mais

Evite a reputação dos defeitos que o fariam perder o poder – Maquiavel

Para Maquiavel, o que o governante deverá evitar é ser "odiado" ou "desprezado". Há dois tipos de reputação que qualquer pessoa com poder deve evitar a todo o custo, tanto nos tempos de Maquiavel, quanto nos dias atuais: ser odiado e ser deprezado. Maquiavel vai ao ponto de afirmar que, se o príncipe consegue evitar estas marcas na sua reputação, os demais defeitos que possa ter não ameaçam o seu poder. Gov ...

Ler mais

A imprensa escrita ainda tem utilidade na campanha?

Com o advento da mídia eletrônica, o texto escrito foi ultrapassado pelo rádio e pela TV como instrumento de propaganda eleitoral. Mas não se pode esquecer que o jornal, agora, está na internet. Esta é uma pergunta que, formulada há mais que 20 anos, pareceria descabida e despropositada. Ao longo da maior parte da história política no mundo inteiro, o texto escrito sempre foi o veículo de comunicação e prop ...

Ler mais

Comerciais de TV II: A ciência e a arte

A TV faz a cobertura da campanha como um fato político, mediante reportagens, análises e comentários O governo Kennedy usou largamente a TV como instrumento de comunicação com a população, e, com a morte de Kennedy e as solenidades de seu velório e sepultamento, televisionadas para o mundo, o veículo firmou sua hegemonia sobre todos os demais. 1960: eleição Kennedy x Nixon tornou a televisão a principal míd ...

Ler mais
Voltar para o topo