Comissão de deputados da CLDF vai fiscalizar hospitais

comissao-de-deputados-da-cldf-vai-fiscalizar-hospitaisDistritais tentam reunir indícios na rede hospitalar para a instalação da CPI da Saúde

Enquanto a Comissão Parlamentar de Inquérito da Saúde (CPI) não emplaca na Câmara Legislativa, os deputados distritais tentam reunir indícios na rede hospitalar para reforçar a campanha da instalação da CPI.

A Comissão de Fiscalização, Governança, Transparência e Controle (CFGTC) decidiu, nessa quarta-feira (1º), fazer uma devassa na gestão dos cinco principais hospitais do DF: Planaltina (HRP), Taguatinga (HRT), Asa Norte (HRAN), Gama (HRG) e Base (HBDF).

A fiscalização vai focar em contratos com empresas privadas, nos modelos de gestão e atendimento aplicados nos hospitais. “Primeiro, a gente vai solicitar todo o modelo de gestão do hospital. Em cima dele, vamos fazer a visita”, explicou o presidente da CFGTC, Joe Vale (PDT). De acordo com o deputado, a primeira unidade a passar por essa inspeção parlamentar será o Hospital de Base.

Além dos cinco deputados que integram a comissão – Rodrigo Delmasso (PTN), Rafael Prudente (PMDB), Chico Leite (PT), Telma Rufino (PPL) e o próprio Joe Vale –, a força-tarefa que pretende revirar o estado da saúde pública do DF será composta por integrantes do Ministério Público e da Secretaria de Transparência. “Essa comissão vai mudar a saúde do DF”, afirmou Vale.

Ao final das cinco fiscalizações previstas para ocorrerem ainda neste ano, os deputados vão se reunir para elaborar um relatório geral e encaminhá-lo ao Ministério Público, Tribunal de Contas e Secretaria de Transparência para que sejam tomadas as possíveis providências indicadas pela comissão.

CPI

As CPI’s da Saúde e do Transporte podem não passar de um sonho para alguns deputados distritais. Sem embasamento, seja por uma investigação policial ou do próprio MP, e que apresente indícios de irregularidades, os temas não encontram consenso mínimo para seguirem adiante a alcançarem o plenário da Casa.

Na terça-feira (31), os líderes dos cinco blocos de partidos voltaram a se reunir na Presidência da CLDF para tratar dos dois assuntos. A expectativa era que os temas seriam debatidos no plenário durante a sessão, mas os deputados presentes com participação rotativa não tocaram no assunto.

Fonte: Fato Online

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code