Deficientes Visuais terão lugar reservado em estabelecimentos de informática

A Câmara Legislativa aprovou, nesta semana, o Projeto de Lei nº 135/2019, de autoria do deputado Robério Negreiros (PSD), que determina que os cursos de informática, lan houses, cyber cafés e demais estabelecimentos do gênero disponibilizem, pelo menos, um computador com acessibilidade para pessoas com deficiência visual.

A finalidade da proposição é instituir, de forma simples, mais um instrumento de acessibilidade aos deficientes visuais no âmbito do Distrito Federal. O Projeto foi aprovado em segundo turno e, agora, vai à sanção do governador Ibaneis Rocha.

Para o deputado Robério Negreiros, a proposta, além de promover uma maior inclusão social, não vai gerar maiores gastos aos empresários do setor. “O valor final dessa adaptação é de baixo custo, em razão da aquisição de programas específicos e acessórios que garantam a comunicação verbal”, lembrou.

Fonte: Assessoria

COMPARTILHAR
Artigo anteriorBRB reformula modelo logístico e economiza R$ 12 milhões
Próximo artigoSenado presta homenagem ao ex-governador Roriz
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code