DEM e PSDB reúnem 34,5 mil filiados no DF


alberto fragaMesmo longe da administração pública, os partidos de direita ainda apresentam sinais expressivos de fôlego para 2014. Segundo levantamento do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF), entre os cerca de 150 mil cidadãos filiados a partidos políticos no DF,  grande parte está no DEM e no PSDB. No topo da lista vem o PMDB, com 25.982 filiados, enquanto os democratas estão em segundo, com 18.840, e os tucanos com 15.745.

“Esses números mostram que o partido está vivo e não morrerá”, afirmou o presidente regional do DEM, Alberto Fraga.   Em 2010, o DEM chegou a receber uma  ordem judicial determinando a desfiliação de mais de seis mil pessoas, em função de irregularidades nos registros. Isso foi em direções passadas, ressalta Fraga. O dirigente lembrou que o partido sofreu duras derrotas, mas está se reformulando.

“Temos plenas condições de disputar cargos majoritários”, ponderou Fraga. Atualmente, a sigla está buscando entendimentos com outros personagens da direita.

“É importante que possamos nos unir. Agora, se cada um puxar a sardinha para o seu lado, fica difícil”, comentou. Nas eleições passadas, Fraga conseguiu 511 mil votos disputando um vaga no Senado, não apenas com políticos da esquerda, mas também com Maria de Lourdes Abadia (PSDB). Os dois políticos da direita tombaram.

PDT e seus 11,3 mil

No levantamento do TRE também chama a atenção o desempenho do PDT. A sigla atingiu a marca de 11.369. Para o presidente regional da legenda, Georges Michel, o número expressivo de filiações é decorrente da coerência política. “O PDT defende o nacionalismo, o trabalho, os direitos dos trabalhadores e a educação em tempo integral”, explicou.

Atento à qualidade dos filiados, Michel disse que o partido promove plenários duas vezes por mês. Os encontros, diz ele, são utilizados para os filiados conhecerem e debaterem os ideais da sigla.

Petista questiona números

Os números oficiais conflitam com a versão partidária, no caso do Partido dos Trabalhadores. Segundo o levantamento do TRE-DF, o PT tem apenas 8.629 filiados no DF. No entanto, a sigla divulga uma massa de 30 mil filiados.

Segundo o  líder da bancada do PT na Câmara Legislativa, distrital Chico Vigilante, a direção do partido envia o balanço de filiações apenas no mês de abril. “Isso é uma falha da direção do partido”, declarou.

Vigilante recordou que já ocorreram episódios em que nomes importantes do partido não estavam entre os filiados. Ele considera que o processo de acompanhamento do TRE deveria ser aprimorado. “O PSD e o PEN são partidos que, com certeza, têm mais seguidores. E os números do DEM e do PSDB são do passado, não condizem mais com a realidade. Eles são do tempo do Arruda e da Eliana Pedrosa”, disse.

A reportagem tentou contato com o presidente regional do PT, Roberto Policarpo, mas as ligações não foram atendidas.

Fonte: Da redação do clicabrasilia.com.br

COMPARTILHAR
Artigo anteriorEstudantes e Ceilândenses contam com o apoio do Deputado Agaciel Maia
Próximo artigoNo DF, PSB busca composição política de centro-esquerda
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code