Eliana e a candidatura ao Buriti



eliana pedrosaA deputada distrital Eliana Pedrosa está há quatro anos na estrada para viabilizar uma candidatura ao Palácio do Buriti. Andou por todas as cidades do Distrito Federal. Fez reuniões, denunciou problemas e criticou o governo. Foi e ainda é a principal voz de oposição na Câmara Legislativa. Trocou até de partido para consolidar a disputa contra o governador Agnelo Queiroz (PT). Eliana se elegeu pelo DEM, passou pelo PSD e embarcou no PPS, onde recebeu a garantia de que será candidata. Montou um grupo político, atraiu lideranças de outros partidos como o DEM e o Solidariedade. Contratou até marqueteiro e ampliou sua assessoria de comunicação, estendendo também aos blogs. Tudo isso ainda não a fez competitiva. Hoje, tem uma das candidaturas menos falada. E índices medianos nas pesquisas.

Bem posicionada

Eliana chegou no final do segundo semestre de 2013 bem posicionada. Com chances reais de vitória. O que pegou para Eliana foi o retorno do ex-governador José Roberto Arruda (PR) ao cenário político. Os dois disputam o mesmo eleitorado. E nesse caso Arruda leva melhor.

Sem Arruda

Para o projeto de Eliana vingar, é preciso que Arruda saia do páreo. Seja impedido. Então a deputada volta a ter papel de protagonista na disputa eleitoral. Tende a conseguir mais apoios e crescer nas pesquisas de intenção de voto.

Com Arruda

No entanto, se acontecer o contrário e Arruda conseguir manter a candidatura ao Palácio do Buriti, Eliana deve sair do páreo. Pode encarar uma candidatura a vice ou ao Senado. O próprio Arruda havia feito um convite para Eliana compor a sua chapa.

Alternativas

Eliana tem a alternativa de fazer uma aliança com o senador Rodrigo Rollemberg (PSB). PPS e PSB estarão juntos na disputa federal. Ficaria mais fácil um acordo. Ou aderir a campanha de Pitiman (PSDB), que sofre do mesmo efeito Arruda e também pode ficar pelo caminho.

Cartada do PSB

Pré-candidato ao GDF, o senador Rodrigo Rollemberg (PSB) prepara o último ato para fechar a sua chapa. Ele vai oferecer a vaga de vice ao PSOL. O partido tem como nomes para a vaga Toninho do Psol e a a ex-deputada federal Maria José Maninha.

PSDB nas Cidades

Começou hoje (13), o PSDB nas Cidades, tendo à frente o deputado federal Luiz Pitiman. A primeira satélite escolhida para receber os dois ônibus do partido foi Ceilândia. O projeto tem como objetivo visitar todo o DF, ampliar a participação da população na política e ouvir sugestões para o plano de governo da sigla.

Fonte: Blog do Callado

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code