Em plenária, moradores de Ceilândia cobram mais atenção às questões locais

As reivindicações da população foram ouvidas pelo deputado distrital Joe Valle (PSB-DF), pelo senador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF) e por representantes da legenda no governo local.

Cerca de 150 pessoas, entre filiados e moradores, participaram da Plenária Zonal de Ceilândia. No encontro, realizado na segunda-feira (19), representantes do Partido Socialista Brasileiro no Distrito Federal (PSB-DF) e a comunidade fizeram análise da situação política local e elencaram as áreas com mais deficiências na cidade.

Para os participantes da plenária, a Região Administrativa, assim como a maioria das RA’s do DF, enfrenta problemas pela falta de infraestrutura, segurança e a correta prestação de serviço nas áreas de educação e saúde. As reivindicações da população foram ouvidas pelo deputado distrital Joe Valle, pelo senador Rodrigo Rollemberg, ambos do PSB-DF, e por representantes da legenda no governo local.

A plenária foi encaminhada pelo presidente zonal Rodrigo Mercúcio e contou ainda com a mediação do presidente do PSB-DF, Marcos Dantas. Na avaliação do socialista, a Zonal de Ceilândia cumpriu com o principal objetivo da série de plenárias zonais de convidar a militância e os moradores para o centro das discussões do partido. “É essencial para qualquer força política ouvir os filiados e a comunidade. Só assim será possível aproximar o PSB das questões locais e tornar a legenda cada vez mais a cara da população do DF”, explicou Dantas.

Durante a plenária, foi apresenta uma pesquisa, sobre a avaliação dos moradores com relação ao desempenho do governo do Distrito Federal em atender às demandas das cidades. Coordenada pelo Consultor de Marketing Político, Sandro Gianelli, a pesquisa apontou o nível de satisfação de pessoas que vivem em Ceilândia com a situação política atual e o que a população espera para os próximos anos no cenário político da capital federal.

Ceilândia precisa de que?

As principais reivindicações da população foram apresentadas também em vídeo, exibido durante o debate, com a opinião de vinte moradores sobre o que a cidade precisa para ser melhor. O atendimento insuficiente e inadequado na rede pública de saúde e a falta de investimento em segurança foram pontuados pelos entrevistados e pelos participantes da plenária. Produzido e editado pela militante Cassiana Umestu, formada em cinema e videografista, o material audiovisual, com 12 minutos de duração, traz depoimentos de estudantes, trabalhadores e pessoas que vivem em Ceilândia há décadas. “O interessante é saber que as pessoas ouvidas nunca se encontraram ou tiveram acesso aos depoimentos, e ainda assim citaram problemas tão recorrentes”, argumentou a cineasta. “As pessoas gostam da cidade, até mesmo por uma questão cultural, e por isso querem melhorar o lugar onde vivem”, disse Cassiana.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorQuando chega a hora de cortar o orçamento III: o que não cortar
Próximo artigoCachoeira é solto após condenação na Justiça
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code