Ex-AGU de Temer lidera lista para ministro do TSE; escolha é de Bolsonaro

A ex-ministra chefe da Advocacia Geral da União, Grace Mendonça
Foto: Folhapress

O STF (Supremo Tribunal Federal) definiu hoje a lista tríplice com os nomes indicados para ocupar uma das vagas do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) destinadas aos advogados.

A ex-advogada geral da União Grace Mendonça, que chefiou a AGU (Advocacia-Geral da União) no governo de Michel Temer (MDB), encabeça a lista, com 10 votos. Em seguida, com 7 votos cada um, estão os ministros substitutos do TSE Sérgio Banhos e Carlos Horbach.

O STF possui 11 ministros, mas cada um pode votar em mais de um indicado. Um dos três nomes deverá ser escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL).

A escolha não precisa obedecer a ordem da lista. O futuro ministro vai ocupar a vaga de Admar Gonzaga, cujo mandato se encerra este mês. Gonzaga informou ao STF que não pretendia concorrer a um segundo mandato.

O TSE é a última instância da Justiça Eleitoral. O tribunal é composto por sete ministros titulares: três entre ministros do STF, dois entre ministros do STJ (Superior Tribunal de Justiça) e dois entre advogados que atuam com direito eleitoral.

Há ainda sete ministros substitutos, em composição que segue a mesma distribuiçã.

Fonte: Uol

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code