Financiamento Público de Campanha



Campanha eleitoral não é show comercial para ter patrocinador privado.

Mandato não é empreendimento.

Partido não é empresa.

Eleição é como concurso público onde quem julga e aprova é o povo, e quem vence deve agir como servidor público.

Pelo financiamento exclusivamente público de campanhas, já.

Deputado que vota na Reforma Política a favor do financiamento exclusivamente público tem o espírito de um servidor público, cujo compromisso é servir ao povo que o elegeu. Merece respeito, neste ponto, seja de que partido for.

Deputados que votarem a favor da promiscuidade do financiamento privado, sairão carimbados na testa como deputados que gostam da corrupção e de “rodar bolsinha” para empresários, banqueiros e empreiteiras.

E nós, internautas, não perdoaremos e não deixaremos esquecer, espalhando seus nomes nas redes sociais e nas ruas, até que percam as eleições em 2014, por mais milionárias que sejam suas campanhas.

Fonte: You Tube

COMPARTILHAR
Artigo anteriorDilma sanciona sem vetos a lei orçamentária de 2013
Próximo artigoGrupos de pressão 1 – A origem
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code