Fique atento! Chegou o ‘Dia D’ do troca troca partidário

Por Sandro Gianelli

Deputado distrital Robério Negreiros. Trocou o PSDB pelo PSD / Reprodução da internet
Deputado distrital Robério Negreiros. Trocou o PSDB pelo PSD / Reprodução da internet

Troca troca 1

O cenário para as eleições de outubro de 2018 começou a se formar. Com a imposição do calendário eleitoral, àqueles que ocupam cargo ou função pública terão de deixar seus postos até a data de hoje (6).

Troca troca 2

Troca de secretários, de administradores e principalmente a troca de partido por parte de deputados e pré-candidatos foram comuns durante a semana. Quem ainda não desembarcou do governo ou trocou de partido, deverá fazer nesta sexta.

Deputado distrital Raimundo Ribeiro, deixou o PPS / Reprodução da internet
Deputado distrital Raimundo Ribeiro, deixou o PPS / Reprodução da internet

Alianças partidárias

Delete tudo que você ouviu até aqui relativo as alianças partidárias. Por enquanto o assédio foi apenas em cima dos pré-candidatos, a nova fase, terá foco nos partidos. O cardápio terá em seus ingredientes: reuniões, contas para formação de chapas e conversas nada republicanas.

Grilagem eleitoral

Promessas de secretarias farão parte do cardápio das negociatas. Daqui para frente começará o período de ‘Grilagem Eleitoral’, os cargos serão loteados e darão inicio, para aqueles que não possuem juízo, das manchetes de escândalos de corrupção do próximo governo.

Vale tudo

A data limite para o registro de candidaturas junto à Justiça Eleitoral é o dia 15 de agosto. Até lá veremos candidatos viáveis abrirem mão da disputa. Até lá o que vai contar mesmo para a definição de candidaturas são basicamente duas coisas: tempo de televisão e pesquisa eleitoral.

Força nova

A história mostra que sem tempo de televisão os candidatos estão fadados ao fracasso nas urnas. Esta eleição terá um ingrediente novo que são as mídias sociais. O enxugamento do tempo de campanha forçará os candidatos a apresentarem programas eleitorais com exposição de ideias claras. Nas mídias, sem criatividade e profissionais especializados o êxito não chegará.

Definição

O inicio do mês de agosto será o ponto forte das definições onde irão aparecer dezenas de levantamentos feitos pelos institutos de pesquisa. Levará quem tiver em melhor condição, esses atrairão os partidos, que em vários casos trairão acordos antigos. Ideologias, amizades e programas de governo ficaram em segundo plano. Quem tiver mais chances de vitória, terá mais aliados.

Fim da janela

Os deputados federais e distritais que desejam mudar de partido, para se candidatar nas Eleições de 2018, sem correr risco de perder o mandato, devem ficar atentos. O prazo final para a janela partidária, se encerra à meia-noite de hoje. O prazo, de 30 dias, começou a correr no dia 8 de março. No entanto, ele não beneficia vereadores, porque neste ano não haverá eleições na esfera municipal.

Reforma Eleitoral

A Reforma Eleitoral de 2015 (Lei nº 13.165/2015), deu origem a janela partidária, onde os detentores de mandato eletivo, em cargos proporcionais, podem trocar de legenda nos 30 dias anteriores ao último dia do prazo para a filiação partidária, que ocorre seis meses antes do pleito.

Fundo Partidário mantido

A troca partidária não muda a distribuição do Fundo Partidário e o acesso gratuito ao tempo de rádio e televisão. Esse cálculo é proporcional ao número de deputados federais de cada legenda.

Exceção da regra

A única exceção a essa regra é para o caso de deputados que migrem para uma legenda recém-criada, dentro do prazo de 30 dias contados a partir do seu registro na Justiça Eleitoral, e nela permanecendo até a data da convenção partidária para as eleições subsequentes.

* A Coluna é escrita por Sandro Gianelli e publicada de segunda a sexta no Portal Conectado ao Poder, no Jornal Alô Brasília e no Portal Alô Brasília

6d4

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here

*

code

Please enter your comment!