GDF promete remover construções na orla do Lago Paranoá a partir de maio

20150313063043445331aO Ministério Público do Distrito Federal e Terrritórios (MPDFT) e o Governo do Distrito Federal (GDF) assinaram acordo, por meio do núcleo permanente de mediação e conciliação do Tribunal de Justiça do DF (TJDFT), para a desocupação da orla do lago Paranoá.

O início da operação de desocupação, que será executada pela Agência de Fiscalização (Agefis) e pelo Instituto Brasília Ambiental (Ibram), está previsto para a primeira quinzena de maio.

O “plano de fiscalização e remoção de construções e instalações erguidas na app do Lago Paranoá” terá a primeira etapa na área da Península dos Ministros, na QI 12 do Lago Sul, e o Parque Ecológico do Lago Norte, na QI 2 da região. Cercas e muros que impedem o acesso ao lago serão os primeiros alvos. O prazo para píeres e edificações ainda não foi discutido.

A previsão é que, ao final da operação, não haja mais construções num espaço de 30 metros a partir da margem do espelho d’água.

Fonte: Correio Braziliense

COMPARTILHAR
Artigo anteriorCaiado pedirá à Justiça proteção para manifestantes
Próximo artigoGDF vai liberar R$ 500 mil para realização de Via Sacra de Planaltina
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code