Hildo do Candango segue no trabalho de combate a dengue

Em Águas Lindas, ações de combate à dengue são intensificadas durante período das chuvas, mas é importante que a população também fiscalize os focos


Qualquer recipiente com água parada pode se transformar num criadouro. 

Fora dengue, zika e chikungunya! É palavra de ordem na cidade de Águas Lindas de Goiás. Embora os casos das doenças tenham baixo índice no município, a Prefeitura de Águas Lindas juntamente com a Secretaria de Saúde têm intensificado o trabalho contra o mosquito Aedes aegypti.

Para efetivar os trabalhos e conscientizar toda a população, os agentes comunitários têm levado orientações aos moradores da cidade. Os agentes comunitários, além de desenvolver suas atividades rotineiras nas residências, têm orientado os cidadãos para que aumentem o número de vistoria em seus lotes para evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue.

Esses trabalhos juntamente com as orientações fornecidas pela Prefeitura têm aumentado visando à segurança da saúde coletiva, por conta do período chuvoso onde os riscos de proliferação são maiores. Muitos moradores estão com medo de contrair a doença, e, por isso são cautelosos.

População

O agricultor, Antônio Sousa, 46 anos, trabalha em uma horta comunitária na região de Águas Lindas e faz de tudo para manter o terreno limpo. “Não deixo latas, pneus e nem sacos que possam juntar água. Faço minha parte para combater o mosquito da dengue, mas tem gente que não faz. Minha esposa teve a doença, e na minha casa não tinha nenhum foco. Ou seja, pagamos pelas pessoas que não se previnem”, lamentou.

Por esse, e outros motivos que o prefeito, Hildo do Candango reforça a necessidade de todos fazerem parte desta luta contra o mosquito. “Estamos empenhados nessa questão e toda a população precisa se engajar. O trabalho requer esforço da comunidade, e dos órgãos envolvidos nas ações. E vamos continuar o nosso serviço, e bater de porta em porta para alertar o cidadão”, declarou o prefeito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code