Indicação certa



gim argeloA indicação do senador Gim Argello (PTB) para a vaga de Valmir Campello no Tribunal de Contas da União (TCU) está definida, garante um amigo próximo a Renan Calheiros (PMDB), que subscreve a indicação à Presidente Dilma. Gim estaria indo para o TCU porque avalia uma complicada corrida eleitoral ao Senado. No TCU, ele mantém sua esfera de articulador político e pode viabilizar negociações relevantes ao Executivo e Legislativo.

O caso do pedido do PCdoB contra a candidatura ao Senado em 2006 do ex-governador Joaquim Roriz pode ser uma das razões da ida de Gim para o TCU. O recurso alegando que Roriz utilizou-se do número 156 como candidato, em alusão ao telefone de atendimento do GDF,  deve ser analisado na semana que vem.  Caso o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acate o pedido, Gim perderia o mandato, assumindo o segundo colocado (Agnelo) ou seu suplente, Messias de Souza (PCdoB), administrador de Brasília. Um empate pode ocorrer no TSE, pois o ministro Henrique Neves é irmão do advogado de Gim, Fernando Neves. Com o impedimento de Henrique, a ministra Carmem Lúcia pode votar duas vezes, complicando o meio de campo. O TCU seria o prêmio de Gim pelos seis anos de Senado.

Fonte: Coluna ons e offs

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAécio lança fim da reeleição como bandeira da sucessão
Próximo artigoPreparando o terreno
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code