Jean Wyllys fala sobre saúde e gênero na abertura da Semana da Mulher, na Defensoria Pública do Distrito Federal


semana-da-mulherO deputado federal Jean Wyllys (PSOL) participa da abertura da Semana da Mulher, como atividade da semana do Dia Internacional da Mulher, nesta terça-feira 03.03, das 9h às 12h, no auditório da Escola de Assistência Jurídica (Easjur) da Defensoria Pública do Distrito Federal. A mesa redonda “Direito à saúde sob uma perspectiva de gênero” abordará a violência obstétrica no país, seja na gestação, no parto ou no atendimento em casos de aborto.

Além de Jean Wyllys, que é autor do projeto de lei do parto humanizado ( PL 7633/14), estarão presentes a médica epidemiologista pela Universidade da Carolina do Norte (EUA), Daphne Rattner, presidente da Rede pela Humanização do Parto e Nascimento – ReHuNa e integrante da diretoria da Internacional MotherBaby Childbirth Organization – IMBCO; a professora da faculdade de Direito da Universidade de Brasília (UnB) Camila Prando,; a coordenadora-geral da Saúde da Mulher da Secretaria de Políticas para as Mulheres/Presidência da República Rurany Silva; e Marise Nogueira, secretária de Política para as Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos do DF.

Segundo a Defensoria Pública, a capacidade máxima do espaço é de 100 pessoas, com prioridade por ordem de chegada.

Direito de escolha

Pelo projeto, toda gestante tem direito à informação e à escolha. Desde a descoberta da gravidez, a mulher fará jus à elaboração de um plano individual de parto. Nesse documento, ficarão registradas todas as suas opções, como as equipes de acompanhamento, sempre que possível, o tipo de parto que prefere e o local onde quer que ocorra. Qualquer alteração no plano deverá ser anotada no prontuário pelo médico responsável com a justificativa clínica da mudança.

A grávida também poderá contar com um acompanhante durante todo o processo. Terá ainda o direito de contratar profissional auxiliar de parto que será autorizado a executar ações suplementares às equipes da unidade de saúde.

Fonte: Assessoria de Comunicação

COMPARTILHAR
Artigo anteriorEm Ceilândia Operação Tapa-Buracos contempla a comunidade do Privê
Próximo artigoLíderes vão brigar pelos reajustes dos servidores públicos
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code