Jurong e Codeplan

CODEPLANExistem grandes chances de que a Companhia de Planejamento do DF (Codeplan) receba a missão de tocar para frente o polêmico contrato do GDF com a empresa Jurong Consultants. Recentemente, uma delegação do Palácio do Buriti viajou para Cingapura para conhecer mais detalhes da empresa. No regresso para a capital federal, surgiu a ideia. A Codeplan ficaria responsável pela coordenação do projeto de elaboração do plano estratégico de desenvolvimento da capital junto com a equipe da empresa asiática.

Dizem que o presidente da Codeplan, Julio Miragaia, não veria problemas com isso. A proposta teria o apoio de um padrinho com estrela no GDF. Em relatórios iniciais, a Jurong teria apontado que o governo, tanto na gestão Agnelo, quanto nas gestões anteriores, está perdendo tempo e dinheiro com a lentidão para a construção do Parque Cidade Digital. Com tantos órgãos públicos e empresas vinculadas a serviços de informação e tecnologia com atuação direta e indireta no DF, a demora para a concretização do projeto é digna de um gol contra. Ou seria uma goleada?

O contrato com a Jurong foi alvo de fortes críticas de políticos e setores da sociedade civil. Um dos fatos que chamou a atenção foi a forma como ele foi feito dentro de um modelo sem licitação e sem uma discussão prévia com a população.

Fonte: Do alto da torre

COMPARTILHAR
Artigo anteriorSwedenberger cobra mais pró-atividade dos administradores
Próximo artigoRonaldo Fonseca desabafa
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code