Liliane encara Buriti. Mudança em Brasília só com referendo popular



lilidestaqueAo discursar nesta terça-feira, 31, no plenário da Câmara Legislativa, a vice-presidente da Casa, deputada Liliane Roriz (PRTB), ressaltou sua luta pela preservação do projeto original de Lúcio Costa e pelo título de Patrimônio Histórico concedido pela Unesco a Brasília. Condição, aliás, que vez ou outra é ameaçada de retirada pela própria Unesco..

A parlamentar anunciou sua decisão de apresentar projeto de lei onde prevê que qualquer alteração no projeto original de Brasília, além de passar pelo Legislativo, passe ainda por um referendo popular.

– Hoje qualquer motivo é desculpa para se alterar o plano original de Lucio Costa. Vejam como exemplo o polêmico PPCUB, que tinha como pano de fundo a Copa do Mundo. Tudo era desculpa para que a cidade se enquadrasse no ‘padrão Fifa’, lembrou Liliane, em tom de crítica.

Quando a capital da República se viu ameaçada com o Plano de Preservação do Conjunto Urbanístico de Brasília (PPCUB), Liliane foi a primeira deputada a levantar a voz contra a sua aprovação pela Câmara. No formato original, a iniciativa do então governador Agnelo Queiroz geraria grandes mudanças no Plano Piloto.

O que Agnelo queria, entre outras coisas, era a criação de nova quadra no Setor Sudoeste, construção de comércio ao longo do Eixo Monumental, entre outras alterações. Para evitar surpresas futuras, a deputada entende que a sociedade deve estar atenta.

– Graças a minha luta insistente, e de outros parlamentares da legislatura passada, conseguimos desmascarar esta mentira cultivada de que a mudança era para recebermos a Copa. No fundo, essa é a verdade, os interesses econômicos é que estavam por trás de tudo”, afirmou.

Fonte Notibras

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code