MARKETING POLÍTICO PÓS-ELEITORAL (Como Fazer Bem)

Acabou o 1º tempo do jogo, agora começara o mais importante, o 2º turno. E o melhor, com muito mais tempo e calma para o eleito dialogar com a sociedade, mostrar a que veio – propostas, posicionamentos (principalmente o que colocou como promessa, meta de campanha).

Se a eleição é época de colheita, no governo é que se fazem as plantações necessárias.

E como voce começará sua gestão? Com o pé direito ou esquerdo? Se encontrares problemas da gestao passada (prefeitura) irá se esquivar ou mostrará pra populacao o que há e como resolverá?

Os primeiros passos devem ser os seguintes :

a) Mostrar que agilidade na tomada de decisoes (Haddad vai a Brasilia se encontrar com Dilma). Isto é, nao ficará dias comemorando ou descansado, já esta mostrando pra sociedade que quer rapidez e veracidade no que for fazer.

Fixar uma imagem junto aos cidadãos (nao só os que o elegeram, mas todos), mostrando qual será a ”cara” do novo governo. Isto é, quais serao as principais diretrizes e o comportamento politico daqui em diante.

Obs – Pra fixar esta imagem, nada melhor do que criar um projeto/programa bem divulgado em todos os canais de comunicacao/propaganda.

Ex: Em MG, Aécio fez o Choque de Gestao. No RJ, o Eduardo Paes fez o Choque de ordem….

Criar um site especifico que fale do principal projeto que norteará seu governo (isso é novidade no Brasil ainda. Mas Obama o fez logo que assumiu o mandato – ”Vamos criar um SUS Americano” – uma das principais plataformas de campanha).

Neste site voce poderá mostrar passo a passo o que estará fazendo (politicamente) para ter êxito, para se chegar as vias de fato, e ao mesmo mostrar a sociedade e à imprensa que nao está com a bunda presa na cadeira.

Ah, e tambem poderá fazer como Obama, mobilizar as pessoas atraves deste site para que elas possam tambem mobilizar outros politicos a aprovarem este projeto, ou entao pegarem pra si esta ideia (comprarem a ideia, apoiarem pra valer).

Ir mais além do que se espera, e criar um site de transicao de governo (ou entao usar o mesmo da campanha) para mostrar à sociedade o que acontecerá até o dia da posse, quais medidas estao sendo tomadas, etc…

O único que fez isso no Brasil até hoje foi o atual governador Colombo (SC) em 2010.

Usar o banco de dados conquistado/mobilizado durante a campanha pra continuar a se comunicar (plenamente), seja por telefone, carta ou internet.

Você vai jogar fora tudo que conquistou durante a eleicao??? Voce poderá chegar daqui a 02 ou 04 anos mais forte ainda! E com todos sabendo o que vc fez durante esse tempo….

Apresentar as prioridades de governo/gestao, fundamental para qualquer político eleito (ou reeleito), principalmente para o primeiro.

Se for vereador, mostrar de cara quais temas irá trabalhar/projetos que apresentará na Câmara ao longo dos 4 anos. Isso pode parecer banal, sem propósito, mas faz uma diferença enorme – DEMARCAR TERRITÓRIO. E quem falar primeiro na tribuna sai na frente (os outros que falarem algo semelhante ficarão com a imagem de que estão copiando).

Criar elementos de Ouvidoria com a população.

Qual é uma das coisas coisas mais difíceis para um politico? Conseguir compreender como a população está recebendo as informações do mandato/como elas chegam ao povo, e o que eles pensam disso tudo – o trabalho é prioritário?

No entanto, o maior erro cometido pelos políticos e instituições é realizar a chamada ”Ouvidoria Passiva”, isto é, ficar esperando que as pessoas entrem em contato. Isso é um erro. Pra dar certo mesmo, é necessário ir atrás do eleitor, ouvir ele no telefone e na internet, permitindo inclusive que ele possa interagir, fazer parte da construcao do governo/gestao. Isso será o proximo tema.

Treinar os funcionários e colaboradores diretos.

Nada é tão ruim quanto a um mal atendimento de gabinete/secretaria, ou mesmo uma equipe que trabalha sem sintonia, e pior, desmotivada – sem saber porque tem que marchar pra um lado e onde chegará.

Desde o início do trabalho político é necessário fazer com que todos compreendam bem o trabalho executado, que possíveis falhas do passado (caso já venham trabalhando junto) sejam sanadas ou minimizadas.

Aprender com os erros, avançar compreendendo melhor as funções colocadas com mais vigor, novas ferramentas, atualizando os conteúdos. Fundamental para o êxito, fundamental mesmo – não só em campanhas eleitorais, mas também nas gestões políticas.

Criar desde o início um bom e permanente relacionamento com a imprensa local (e regional também !)

O que é um assessor de imprensa? Um indivíduo que fica 08h por dia colado na cadeira enviando release pra deus e o mundo? Será que é isso mesmo??? Logicamente que não, embora a maioria faça apenas isso, e imagina que está correto.

Assessor de imprensa é aquela pessoa que tem conhecimento dos órgãos de comunicação (conhece os jornalistas, sabe o que eles querem, como eles se comportam). É o profissional que consegue colocar seu assessorado na pauta certa (porque procura constantemente onde encaixa-lo). É o profissional que sabe acompanhar inclusive o follow, o pós-contato. Ajuda o pauteiro/reporter a construir melhor a noticia dando elementos substanciais (fotos, videos, press kit, dados, etcs), e que não se esquece que a internet é uma ferramenta muito importante também para encontrar o público direcionado.

Estudar, se reciclar.

Ter a humildade de entender que ninguém sabe de tudo e que sempre é necessário aprender com quem tem mais experiência, conhecimento técnico, informações precisas, cases de sucesso, etc etc etc.

Isso se resume a :

a) Fazer cursos;
b) Ler livros, artigos, ver videos, etc
c) Assistir a palestras;
d) Conversar e ter bom relacionamento com políticos mais antigos;
e) Promover encontros para debater assuntos correlatos

Saiba que o Rádio é uma das melhores ferramentas de comunicação.

O rádio está presente em todas as cidades e é ainda (por incrível que pareça) a mídia que consegue alastrar uma informação mais rapidamente. Também pode ser usado como release para imprensa e pras próprias rádios (ao criar programetes/falas prontas).

1) Sou prefeito e não tenho espaço na radio da minha cidade. O que faço?
R: Vá atrás de conseguir uma Radio Comunitaria (dá trabalho, mas quando conseguir ela será sua, e cheque mate na oposição !)
R-2: Tente falar em alguma radio da regiao então, as vezes é até melhor.

2) Sou vereador e não tenho espaço na radio.
R: Aí só falando comigo mesmo, eu digo como fazer.

Vídeo não é só TV Aberta (ou mesmo fechada).

Quem disse que se você não tiver dinheiro ou espaço na TV (por alguma razão política ou circunstancial) não conseguirá produzir bons videos? Ou entao um bom programa de TV?

A resposta pra isso se chama : INTERNET + REDES SOCIAIS = CRIATIVIDADE.

Você poderá (e deveria) ao longo do seu mandato criar uma TV própria, muito fácil de fazer. Uma camera simples, um roteiro, o nome do programa, com entrevistas e de preferencia sem muita produção, algo mais espontâneo mesmo – as pessoas nao querem ver coisas formais na internet.

SUPER EXEMPLO PRA ISSO
Vereador André Bandeira, um excelente case de sucesso com seu Programa Superação. Conheçam mais e vejam como fazer.

Câmara/Governo itinerante – uma excelente ideia para fazer chegar mais perto da população as ações/projetos/informacoes politicas.

Muitos políticos tem medo de fazer isso, mas se torna um instrumento importante para que o povo tenha ciencia de que muitas coisas tem sido realizadas.

No entanto, é sempre necessário se organizar muito pra fazer isso, mas o interessante é que se um dos secretarios da prefeitura tiver desejo de se candidatar a vereador/deputado nas proximas eleicoes, poderá fazer com que estas acoes o tornem mais conhecido/imagem positiva perante o povo.

Logomarca de governo (aí principalmente pra quem for prefeito).

Qual a atual situação da prefeitura? É de calmaria ou de calamidade? Qual é a principal mensagem que você deseja transmitir pra população?

Esquecendo-se o desenho, e pensando no conteúdo do slogan que será impresso em todos os materiais, é nisso que você deve estar pensando – mensagem pro povo, o que foi dito na campanha, etc.

Veja um bom exemplo abaixo e depois o video em que falo a respeito num curso.

Fonte: Guga Fleury

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAlberto Fraga na FM 104
Próximo artigoProcuradoria pede 80 anos de prisão para Cachoeira
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

2 COMENTÁRIOS

  1. OLÁ SANDRO SOU LÍDER COMUNITÁRIO ,JÁ PARTICIPEI QUATRO VEZES CANDIDATO SENDO TRÊS A VEREADOR E UMA A DEPUTADO ESTADUAL .ESTOU NESTA VIDA DÊS DE 1998,FIQUEI NO PT ATÉ 2006,FUI PARA O PV ATÉ 2010,E ENCONTREI O PSD .ESTE ANO VOU PARTICIPAR DAS PREVIAS .GOSTARIA DE AUXILIO EM MARKETING .NÃO POSSUO RENDAS POIS O TRABALHO QUE FAÇO SEMPRE FOI VOLUNTARIO .SOU PRESIDENTE DE CONSELHO ESCOLAR ,CONSELHEIRO DE SEGURANÇA,JÁ FUI CONSELHEIRO DE EDUCAÇÃO ,SOU CONSELHEIRO DE SAÚDE , CONSELHEIRO DE MEIO AMBIENTE E CONSELHEIRO Á DOIS MANDATOS DO PLANO DIRETOR ,DA CIDADE DE ARAUCÁRIA . AGUARDO SEU CONTATO.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code