Michel Temer amarga a maior rejeição de um presidente da República

Por Sandro Gianelli

Presidente Michel Temer / Reprodução da internet
Presidente Michel Temer / Reprodução da internet

Rejeição

O presidente Michel Temer é o presidente mais impopular da história. O governo Temer já é considerado ruim ou péssimo por 82% dos brasileiros, segundo o Datafolha. O levantamento foi realizado nos dias 6 e 7 de junho, após a greve nacional dos caminhoneiros. A reprovação do presidente aumentou em 12% desde abril.

Delação

Para piorar a situação de Temer, um fornecedor da reforma da casa de Maristela Temer, filha do presidente, declarou que recebeu R$ 950 mil em dinheiro na sede da Argeplan, empresa do coronel João Baptista. Os delatores afirmaram a Política Federal que o coronel é um dos intermediários de Temer.

Ministro Eliseu Padilha / Reprodução da internet
Ministro Eliseu Padilha / Reprodução da internet

Quebra de sigilo

A polícia Federal pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF), a quebra do sigilo telefônicos do presidente Michel Temer e dos ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco. A investigação é sobre o suposto pagamento de propina da empresa Odebrecht a políticos do MDB. A investigação segue em sigilo.

Quem diria?

A Câmara Legislativa do DF (CLDF) virou ponto turístico. Na última semana foi instalada uma bandeira do Brasil com medidas dignas de filme hollywoodiano. O responsável pela ação é o deputado Robério Negreiros, segundo secretário da CLDF. Recentemente foi inaugurada a Praça Cívica da CLDF, outra ação com a assinatura de Robério.

Redução da passagem

O deputado distrital Wasny de Roure (PT) não desiste fácil. Wasny que é pré-candidato ao Senado entrou com uma ação popular pedindo a redução das tarifas de ônibus no DF. A Justiça, pelo menos em 1ª instância, deu vitoria a causa. O GDF recorreu e o julgamento em 2ª instância está marcado para o dia 27 de Junho, no Tribunal de Justiça do DF.

Bem encaminhado

A Policia Civil do DF (PCDF) tende a apoiar Jofran Frejat (PR) rumo ao Buriti. Frejat é perito médico-legista aposentado da PCDF. O deputado federal Laerte Bessa (PR) tem se dedicado a garantir o apoio irrestrito dos policiais. Recentemente, Frejat e Bessa estiveram reunidos com policiais civis na sede do Sinpol-DF.

Reivindicação

“Estamos com uma perda salarial de 53%, acumulada ao longo dos últimos dez anos. No atual governo nós não vimos vontade política alguma: Rollemberg escolheu o servidor público como inimigo e os policiais civis como bode expiatório”, Rodrigo Franco “Gaúcho”, presidente do Sinpol-DF.

Educação Básica

O pré-candidato ao Buriti, Izalci Lucas (PSDB), quer que a Educação Básica tenha direito a pelo pelos 20% dos recursos arrecadados pelas loterias federais. Izalci foi o relator do Projeto de Lei 463/15, aprovado na Comissão de Educação da Câmara dos Deputados

Deficiência

Izalci quer corrigir uma distorção na distribuição dos recursos que já contempla a Educação Superior. Porém, os ensinos fundamental e médio não têm sido contemplados. Para o tucano a formação inicial não pode continuar deficitária. O PL corrige o problema priorizando o financiamento da Educação Básica.

Prevaricação

O conselheiro do Tribunal de Contas do DF (TCDF), Manoelzinho do Táxi, virou réu em uma ação penal no Superior Tribunal de Justiça. Manoelzinho é acusado de retardar um julgamento de uma investigação de permissões de Táxi. O conselheiro responderá por prevaricação e não será afastado do cargo.

Transparência

O deputado Cláudio Abrantes (PDT) apresentou um projeto de lei para obrigar o GDF a publicar o horário de expediente de médicos da rede pública. A Comissão de Fiscalização, Governança, Transparência e Controle da Câmara Legislativa aprovou a iniciativa por unanimidade.

* A Coluna é escrita por Sandro Gianelli e publicada de segunda a sexta no Portal Conectado ao Poder, no Jornal Alô Brasília e no Portal Alô Brasília.

11d6

COMPARTILHAR
Artigo anteriorHildo do Candango dá inicio as obras de infraestrutura do Complexo Pérola, em Águas Lindas
Próximo artigoLei dos Domésticos
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here

*

code

Please enter your comment!