No DF o PDT quer ter candidato para as eleições 2014

PDTO presidente nacional do PDT Carlos Lupi defende abertamente o projeto de candidatura da legenda para o Palácio do Buriti em 2014. “A tendência do partido é disputar a eleição. Hoje o nome mais cotado é do deputado federal Reguffe para o governo do Distrito Federal”, disse o líder pedetista.

Segundo Lupi, o posicionamento brasiliense do partido não sofre nenhuma influência da posição nacional da sigla. Atualmente, o PDT está ao lado da gestão de Dilma Rousseff com o comando do Ministério do Trabalho. No entanto, cada diretório regional tem independência para definir os rumos políticos para as próximas eleições.

“Entendo que um partido existe para ter candidato. Vejo o nome de Reguffe como um forte candidato. E, na minha opinião, tem força para ganhar a eleição”, dispara o presidente nacional do PDT.

Com Agnelo

Na terça-feira passada, Lupi visitou o governador Agnelo Queiroz, no Palácio Buriti, ao lado de João Vicente Goulart, filho do ex-presidente da República João Goulart. Na pauta, estava o projeto de construção do Memorial da Liberdade Presidente João Goulart.

Longe dos canais oficiais, articuladores do GDF consideram que o encontro também teve um viés político. O governo Agnelo teria sinalizado a intenção de recomposição da aliança com PDT.

“Uma coisa não tem nada haver com a outra. Somos muito gratos a sensibilidade para com João Goulart. Mas o PDT a tendência é o PDT ter candidato ao governo do DF”, afirma Lupi. Conforme as palavras do pedetista, o tema reaproximação não foi abordado na visita. Em relação à composição nacional, Lupi enfatizou que a questão é momentânea e para a manutenção até as urnas de 2014 dependerá de um debate com todos os diretórios regionais.

“Estamos apoiando o governo Dilma desde seu princípio.; Assim como em Brasília existe uma ótica local, os estados também têm suas óticas. Teremos que fazer um grande debate com todos os diretórios para definir nossa posição. O partido tem que servir à maioria”, disse.

Segunda leitura

No Buriti, há uma outra interpretação das declarações de Lupi. Ao lançar candidatura própria, ele estaria bloqueando o apoio do partido à candidatura oposicionista do senador Rodrigo Rollemberg, do PSB.

Fonte: Da redação do clicabrasilia.com.br

COMPARTILHAR
Artigo anteriorEscolha de candidatos a presidente do Brasil pode copiar modelo dos EUA
Próximo artigoGiselle muda o perfil de Cidade Ocidental em apenas 100 dias
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code