Núcleo Bandeirante recebe o “Projeto Abrace sua praça”, neste sábado (12)

Praça Padre Roque no Núcleo Bandeirante

Neste sábado (12), será realizado o projeto “Abrace sua Praça”, na Praça Central do Núcleo Bandeirante e toda a comunidade está convidada a participar da iniciativa que terá início a partir das 8h.

O evento será realizado pelas Administrações Regionais do Núcleo Bandeirante e da Candangolândia, e contará com o apoio do gabinete do deputado Hermeto (PHS). Cerca de 70 pessoas estarão envolvidas diretamente no mutirão de limpeza, revitalização e manutenção da cidade.

O SOS/DF, lançado na última sexta-feira (4), pelo governador Ibaneis Rocha, tem a intenção de recuperar a capital e já terá início em outras regionais do DF. E para ajudar efetivamente na recuperação das cidades, as administrações do Núcleo Bandeirante e da Candangolândia, apostam também na realização do “Abrace sua Praça”.

O movimento de limpeza nas cidades é uma iniciativa do deputado Hermeto, quando foi administrador da Candagolândia, e tem como objetivo manter a limpeza e a conservação da cidade, além de propor a conscientização da população para exercer a cidadania e a manutenção dos espaços públicos. Depois do Núcleo Bandeirante será a vez de Candangolândia levar o projeto para sua comunidade.

Durante o mutirão deste sábado, serão realizadas podas de árvores, pinturas de meio fio, pintura e limpeza de todos os espaços públicos, limpeza das pichações nos espaços, capinagem, varredura das ruas, revitalização dos espaços públicos, limpeza do teatro público e do espaço de convivência da cidade.

A realização do evento feito pelo então administrador, deputado Hermeto e teve grande êxito. Agora, os novos administradores, do Núcleo Bandeirante Adalberto Ferreira de Paula Carvalho e da Candangolândia, Luiz Gonzalez Rdriguez, pretendem seguir o modelo e resgatar a mesma forma de administração do distrital, que é de não ficar dentro do gabinete, mais sim, de ir às ruas ouvir e conhecer os anseios das comunidades, bem como cuidar, conservar e manter a limpeza nas cidades.

Aproximadamente 26 mil moradores residem na Região Administrativa do Núcleo Bandeirante e pouco mais de 20 mil habitantes moram na Candangolândia.

Núcleo Bandeirante

Vista aérea do Núcleo Bandeirante

O Núcleo Bandeirante foi a maior área de povoamento anterior à construção de Brasília. Os candangos reuniam-se na Cidade Livre (primeiro nome da cidade).

A história da Cidade Livre ou Núcleo Bandeirante é ligada diretamente a construção de Brasília. A cidade preserva a história e a cultura por meio do Museu Vivo da Memória Candanga.

O acervo é constituído pelas edificações históricas, peças, objetos e fotos da época da construção da nova capital. Bens culturais de toda sorte fazem parte do Patrimônio Histórico Cultural: o Centro de Ensino da Metropolitana, inaugurado em 1959, a Igreja Nossa Senhora Aparecida e o Hospital Juscelino Kubitschek de Oliveira, tombado em 1985.

A área atrelada à Região Administrativa é composta pelos seguintes locais: Núcleo Bandeirante, Vila Metropolitana, Setor de Clubes, Vila Nova Divineia, Agrovila Vargem Bonita, Colônia Agrícola Núcleo Bandeirante I e II e Área Isolada Vargem Bonita.

Candangolândia

Conhecida como cidade-mãe, a Candangolândia surgiu como a terra dos pioneiros que trabalharam na construção de Brasília.

O primeiro acampamento, construído em 1956, era formado pela sede da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap).

O nome Candangolândia é derivado do termo pelo qual ficaram conhecidas as pessoas que vinham de vários lugares, principalmente do Nordeste, para construir Brasília. O berço dos pioneiros ainda guarda monumentos, como a primeira escola e a primeira igreja de Brasília. A cidade é parte do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code