Pedala, Dilma!

As chamadas pedaladas fiscais estão dando o que falar. Mas o que seria essas tais ‘pedaladas fiscais’? É um nome dado a práticas muito suspeitas que o Governo Dilma usou para fingir que cumpria as metas fiscais. O Tesouro teria atrasou repasses para os bancos que por sua vez, financiariam a força as despesas do governo, como benefícios sociais e previdenciários, entre eles o Bolsa Família, o abono e seguro-desemprego, e os subsídios agrícolas.

Com isso, o governo maquiou o orçamento, mesmo que temporariamente registrou um alívio nas contas públicas evidenciando a conhecida contabilidade criativa. No entanto, a dívida do Governo com os bancos só cresceu, onerando demasiadamente os cofres públicos. O dinheiro dos nossos impostos foi para o ralo da incompetência petista de uma Presidente que se diz economista. Segundo o Tribunal de Contas da União, cerca de R$ 40 bilhões estiveram envolvidos nessas manobras entre 2012 e 2014. E o nome é pedalada, em referência aos dribles, Dilma driblou o orçamento público e a Lei de Responsabilidade Fiscal!

Dilma fez isso, pois não queria mostrar sua incompetência em não fazer superávit primário, ou seja, não quis mostrar que tinha mais despesas que receitas em seu governo. Dilma driblou o equilíbrio orçamentário, gastou mais do que tinha, fez dívidas maiores que a capacidade de pagamento do governo. Pôs em risco – vejam só! – o Bolsa-Família e seguro-desemprego, tudo isso por aventuras fiscais em ano eleitoral pra ‘fazer o diabo’ para vencer as eleições, e por isso está ameaçada de ter um parecer do TCU a acusando de crime de responsabilidade, e crime de responsabilidade é passível de impeachment! Dilma mostrou sua incapacidade de gestão e sua falha de caráter nessas pedaladas, por isso está tensa dizendo por aí que não vai cair, a habilidade política de Dilma diz o contrário, a hora da Dilma tá chegando! PEDALA DILMA!

Lucas Pinheiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here

*

code

Please enter your comment!