PMDB cobra relatoria, mas tucano é escolhido



20150515102725Reunião define, na quinta, um cronograma especial para as investigações.

Os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito do Transporte (CPI do Transporte) da Câmara Legislativa elegeram, ontem, os deputados Renato Andrade (PR), como presidente, e Sandra Faraj (SD), vice. Raimundo Ribeiro (PSDB) será o relator.

Mesmo eleitos por unanimidade pelos integrantes, a escolha não agradou os representantes do PT e PMDB na CPI, que acusaram a presidente da Casa, Celina Leão (PDT), de não ter dado tempo aos partidos para se articularem e combinarem o resultado da eleição.

Logo após ser eleito, o presidente da CPI do Transporte, Bispo Renato, convocou uma reunião com os demais integrantes da comissão. Nela, marcou para a próxima quinta-feira a definição de um cronograma de trabalho.

Dúvida na relatoria

“O problema foi todo em relação à escolha do relator. Os deputados do PT e PMDB queriam o Rafael Prudente (PMDB), mas achei por bem indicar o deputado Raimundo Ribeiro, que é advogado e tem conhecimento técnico para ajudar nas investigações”, justifica Bispo Renato, que garante que o clima está melhor entre os distritais.

“O que precisamos é dar respostas à sociedade. Não podemos fazer da CPI um palanque para disputas partidárias, por isso chamei os deputados e expliquei a eles que não faremos da CPI um lugar de disputas políticas”, declara o presidente da CPI.

Bispo Renato diz que há indícios que justificam a realização das investigações parlamentares, entre eles a redução em quase mil ônibus da frota, após a renovação, a redução do número de assentos nos veículos e o aumento do valor subsidiado pelo governo.

O presidente e o relator Raimundo Ribeiro afirmaram que vão pedir ao Tribunal de Justiça, Ministério Público e Tribunal de Conta do Distrito Federal cópias dos documentos relacionados aos processos contra a licitação de 2012, para somente então iniciar as convocações de envolvidos e de testemunhas a respeito de  possíveis irregularidades.

 Fonte: Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code