PMs denunciam postos comunitários com apenas um soldado e sem viaturas



Parede de vidro está quebrada há seis meses.

A foto acima é de um Posto Comunitário de Segurança (PCS) localizado na Estrutural. A estrutura não fornece nenhuma condição, até mesmo higiênica, aos policias que ali trabalham. Esta PCS apenas simboliza a situação da Polícia Militar no Distrito Federal.

O Portal Guardian Notícias esteve no local. Para ter ideia, uma parede de vidro no PCS está quebrada há seis meses. “O que disserem, além disso, é mentira”, cravou um policial que preferiu não se identificar. O ventilador que tinha, também está sem funcionar. Também não há material de limpeza. “Na época da inauguração tinha de tudo”, relembra os policiais.

Além da falta de uma estrutura adequada, a falta de efetivo para um trabalho ostensivo é motivo de reclamação dos policiais.

Na Estrutural, por exemplo, existem 32 mil habitantes, segundo a última Pesquisa Distrital por Amostra de Domicílios. Porém, de acordo com PMs que trabalham na região, apenas, de fato, somente 4 homens fazem o serviço, dos oito que trabalham diariamente na cidade.

Numa conta simples da situação encontrada na Estrutural são 8 mil habitantes por PM. Segundo a Associação dos Praças Policiais e bombeiros Militares do DF, o ideal seria um soldado por 100 pessoas. Além disso, em cada PCS, segundo a Aspra, um sistema falido, deveriam ter seis policiais. “Hoje tem unidade com apenas um militar, e às vezes até sem viatura”, denuncia a associação. É o que acontece naquela cidade segundo depoimentos colhidos pela reportagem.

A preocupação da associação também refere-se ao déficit do efetivo policial. Atualmente existem 22 mil militares na PMDF. Mas apenas 15 mil estão na ativa. Para a Aspra, deveria ter pelo menos mais 15 mil policiais.

Por Elton Santos, do Guardian Notícias

COMPARTILHAR
Artigo anteriorBarbosa põe Supremo em rota de colisão com Congresso
Próximo artigoA hora do troco
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code