Por unanimidade, STF extingue pena de Genoino por envolvimento no mensalão



20150304153009413731uCondenado a quatro anos e oito anos de prisão no processo do mensalão, o ex-deputado José Genoino (PT-SP) obteve o indulto de Natal e está livre de qualquer pena. Na tarde desta quarta-feira (4/3), os ministros do Supremo Tribunal Federal julgaram por unanimidade que ele tem direito ao benefício. Ele estava em prisão domiciliar.

Genoino foi condenado pelo crime de corrupção ativa a uma pena de detenção em regime semi-aberto e pagou R$ 667 mil de multa.

No ano passado, a presidente Dilma Rousseff baixou um decreto concedendo o benefício de indulto de Natal para vários presidiários do Brasil. A medida é feita por vários presidentes todos os anos pelo menos desde o governo de Itamar Franco (1992-1994). Têm direito ao indulto presidiários condenados a menos de oito de anos de cadeia, em regime aberto desde que não sejam reincidentes.

Condenado em 2012, Genoino foi preso em 15 de novembro de 2013. Mas estava em prisão domiciliar desde agosto de 2014.

Fonte: Correio Braziliense

COMPARTILHAR
Artigo anteriorDelator da Lava-Jato diz que propina de Renan Calheiros era maior
Próximo artigoRenan reage a possível inclusão na lista de Janot
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code