Prefeita Sônia Chaves consegue recursos para a obra que dará adeus ao Buracão

Parceria entre Prefeitura do Novo Gama e o Governo Federal inicia o fechamento de erosão que estava aberta há mais de 25 anos.

No dia 17 de dezembro, foram iniciadas as obras para o reparo da erosão na avenida principal do Novo Gama, que vem afetando a vida dos moradores e comerciantes por décadas. Houve uma cerimônia para que fosse assinado o documento que autorizava o inicio das obras na presença de pessoas do município e autoridades locais. O executivo esteve lá em peso, demonstrando todo o apoio às decisões e atitudes da prefeita Sônia Chaves.

O buracão existe a mais de 25 anos e tomou toda a avenida, impossibilitando o tráfego, causando acidentes e prejudicando a todos que residem e trabalham ali perto. Por conta da sua dimensão, a erosão acabou por se tornar um local onde muitas pessoas desovavam lixo, entulho e todo tipo de sujeira. Até então, nenhuma das gestões havia conseguido causar mudanças significativas neste cenário.

“A mais de 30 anos eu moro aqui e este buraco sempre existiu, mas agora eu tenho fé, em Deus e na Prefeita, de que este problema vai acabar. Para nós, que somos comerciantes, a vantagem será o aumento do movimento, e para os cidadãos eu acredito que seja o resgate da nossa dignidade”. Orcílio Genuíno Da Silva, morador e comerciante local.

A gestão da prefeita Sônia Chaves se destaca por sua eficácia na resolução de problemas do município, em menos de dois anos de governo, conseguiu o que em três décadas nenhuma outra gestão foi capaz, graças ao apoio do Ministério das Cidades e do Governo Federal, a prefeita conseguiu a liberação dos recursos que viabilizaram as obras de fechamento das erosões do Lago Azul e do Buracão do Pedregal.

Durante o evento, a prefeita Sônia Chaves e o ministro Alexandre Baldy discursaram. Em sua fala a Prefeita foi concisa e deu detalhes da obra que irá custar em torno de 15 milhões de reais, e irá reestruturar toda a via, com obras como bocas de lobo, calçadão, galeria de aguas fluviais, pavimentação CBUQ, restauração com asfalto frio, descidas de água vertical, aterro da avenida até o paredão e muito mais.

“Uma gestão limpa, com muito trabalho e sem desvio de dinheiro”.­ Marinaldo Almeida, Secretário de Infraestrutura Urbana, Agricultura e Produção.

Enquanto o evento acontecia, algumas maquinas já estavam ativas e preparando o terreno para que a obra começasse. A empresa responsável pelo fechamento do buracão é a Escavo construções, a mesma que atuou no fechamento da erosão do Lago Azul, e o representante que ali estava recebeu recomendações para que a obra fosse concluída em tempo recorde.

“Pretendo fazer aqui como fizemos no Lago azul, onde lançamos e entregamos a obra em 2017, e aqui no Pedregal, quando viemos com o Ministro Pádua, a muito já era aguardada a sua restauração. Foi realmente um objeto de difícil viabilização de recursos, mas quero agradecer ao Presidente Michel Temer que me permitiu investir nos municípios do Goiás”. Alexandre Baldy, Ministro.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorJaqueline Silva assume presidência do PTB-DF
Próximo artigoConectado ao Poder no rádio com Leandro Grass e Jaqueline Silva – 22 de dezembro
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code