Prefeito de Cristalina é acusado de direcionar licitação

Por Sandro Gianelli

Daniel do Sindicato, prefeito de Cristalina / Reprodução da internet
Daniel do Sindicato, prefeito de Cristalina / Reprodução da internet

Improbidade administrativa

Nova ação é movida contra o prefeito de Cristalina Daniel Sabino Vaz e mais 13 pessoas por direcionamento de licitação. A Justiça entendeu que o esquema beneficiou apoiadores políticos. A ação apresenta uma sequência de irregularidades praticadas pelos gestores e demais acionados.

Licitação direcionada

Além do prefeito, são alvos da ação o vice-prefeito, um gestor, o controlador interno e membros da comissão de licitação. A Justiça acredita que todos eles participaram de um esquema que direcionou licitação e beneficiou aliados do prefeito e do vice em contrato celebrado pelo município, sem observância das previsões legais, para coleta de resíduos sólidos.

Prática comum

Para a Justiça, a prática de lotear contratos celebrados é uma realidade no município, tanto que diversas ações de improbidade já foram movidas contra o prefeito e outros núcleos de servidores e empresários, havendo ainda em tramitação no Ministério Público outros procedimentos para apurar irregularidades em contratações.

* A Coluna é escrita por Sandro Gianelli e publicada de segunda a sexta no Portal Conectado ao Poder, no Jornal Alô Brasília e no Portal Alô Brasília

27

COMPARTILHAR
Artigo anteriorFinal do Concurso Miss Catadora 2018 acontecerá no próximo domingo
Próximo artigoCrime político? Deputado Izalci tem celular clonado
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code