Presidente da Câmara de Valparaíso, Elvis Santos, mais uma vez é vítima da “pegadinha do Faustão”. A mando de quem? Apareça!

elvis-300x273A eleição de 2016 vem deixando muita gente com os nervos à flor da pele no município de Valparaíso de Goiás, cidade do entorno mais próxima do DF. A pré-candidatura do vereador Afrânio Pimentel (PP) à prefeitura, na última terça-feira (14), na Câmara Municipal, em um plenário lotado, com a presença de autoridades goianas, assustou aqueles que pensam que vão continuar enganando o povo valparaisense por mais quatro anos. O presidente da Câmara, Elvis Santos, foi prestigiar o evento do PP como representante da Casa, cumprindo seu papel institucional, mas a partir daí começou a retaliação contra o chefe do Legislativo municipal. No dia seguinte, um portal da região, conhecido no meio por promover factoides e pela falta de credibilidade jornalística – muda de lado constantemente -, publicou “matéria” onde mostra uma condenação de improbidade administrativa contra Elvis por causa da Lei nº 12.527/2011, que garante o acesso à informação. Pois bem, vamos lá: o dito portal, em um jogo sorrateiro, usa informações fora de contexto, se esquecendo de citar outras relevantes, com o objetivo claro de desconstruir a imagem pública do presidente da Câmara. Por que o portal não mencionou que Elvis já assinou o Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) perante o Ministério Público, que o concedeu 120 dias de prazo para que se cumpram as exigências da lei, onde o mesmo MP encaminhou um documento para que se SUSPENDA a ação de improbidade até o tempo determinado? Por qual motivo não mencionou que a prefeita Lucimar Nascimento também foi acionada pelo MP para que a Lei da Transparência fosse cumprida pela prefeitura? Por que postou a “matéria” descontextualizada apenas um dia após Elvis participar do encontro do PP e de fazer duras críticas à secretária de Obras, Cynthia Borges, que é responsabilizada por travar a gestão Lucimar, que vêm batendo altos índices de rejeição? São perguntas que não querem calar.

Parece que o grupo que está no poder partiu para o tudo ou nada, manipulando informações e tratando como inimigo todo aquele que não concordar na íntegra com o que fazem. O nome disso é intimidação. Será que eles ainda pensam que vão continuar desfrutando das benesses do poder em 2017? É preciso ter muita fé para isso, mas muita mesmo.

Vale ressaltar que o site da Câmara já está quase todo adaptado à Lei da Transparência, onde já se vê no menu principal: editais, atas, licitações, relatório fiscal entre outras informações concernentes à lei. Fora isso, a legislação é de 2011, mas somente este ano o MP passou a exigir o cumprimento por parte dos órgãos públicos.

O ditado popular é claro e o referido portal deveria aprender: texto fora de contexto vira pretexto.

Fonte: blogdofredlima.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code