Presidente da Funasa pede demissão do cargo

O presidente da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Ronaldo Nogueira, entregou no fim da tarde desta terça-feira (11/02), ao chefa de Casa Civil Onyx Lorenzonie e ao ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, uma carta de renúncia do cargo que ocupa dede o início do governo Bolsonaro.

Nogueira foi um dos alvos da “Operação Gaveteiro” da Polícia Federal, que investiga supostos desvios no Ministério do Trabalho durante o governo de Michel Temer (MDB). Ele era o titular da pasta na época.

O ex-deputado que completaria nesta quarta-feira (12) 1 ano no comando da Funasa, alega inocência e relata na carta-renúncia lealdade ao presidente Jair Bolsonaro e que vai se defender das acusações.

Ele informou não ter receio da apuração dos fatos e que se coloca à disposição para prestar todos os esclarecimentos necessários às autoridades.

Segue a carta de Ronaldo Nogueira

Fonte: Radar DF

COMPARTILHAR
Artigo anteriorGDF já investiu mais de R$ 5 bilhões na Educação
Próximo artigoDeputados batem boca na Câmara após comissão de prisão em 2ª instância
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code