Professores votam a favor da suspensão da greve

20151112140648Reivindicação será retomada na primeira semana do próximo ano letivo. Apesar de toda a movimentação, o trânsito não foi prejudicado no local.

 

Após 29 dias em greve, a maioria dos professores votaram pela suspensão imediata da paralisação, na manhã desta quinta (12).  A medida foi proposta pelo Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro/DF), que orientou a retomada da reivindicação a partir da primeira semana do próximo ano letivo.

Cerca de dois mil docentes se  concentraram em frente ao Palácio do Buriti para o ato.

O Governador Rodrigo Rollemberg se comprometeu a não cortar o ponto dos grevistas. A Ordem dos Advogados (OAB/DF), a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e os deputados, em conjunto com o Sinpro, devem negociar a dívida da multa pela greve junto ao governo. O valor cobrado é de R$ 400 mil por dia de paralisação.

O Sindicado diz que não houve avanço nas questões financeiras. No entanto, acredita que encerrar a greve é uma questão de estratégia, tendo em vista que a entidade já conseguiu avançar nos itens administrativos e pedagógicos.

Apesar de toda a movimentação, o trânsito no local flui e não há confrontos com a Polícia Militar.

*Com informações de Jurana Lopes

 Fonte:  Jornal de Brasília

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code