PT já admitiu que senador virá de fora

gim-argeloOperador da coligação que sustenta o governador Agnelo Queiroz, o secretário Roberto Wagner não estranhou o presidente regional do PT, Roberto Policarpo, admitir que há candidaturas ao Senado dentro de seu partido. Sabe que existem fortes pressões internas por parte de petistas que gostariam de obter a legenda. Mas lembra que, em reunião do Conselho Político do governo, Policarpo já concordou em que o candidato ao Senado virá de outro partido da base. Essa é, lembra Wagner, também a posição do líder do PT, Chico Vigilante. “De uma coisa o conselho não abre mão: deve haver espaço para todos, sem exceção”, diz o secretário.

Já existe até uma alternativa colocada, assegura Roberto Wagner. Como três dos dois senadores que compõem a bancada do Distrito Federal foram para a oposição, Gim Argello passou a ser o único que vota com o governo. Assumiu, assim, a condição de candidato natural.

Fonte: Do alto da torre

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPSDB brasiliense espera definição nacional
Próximo artigoDeputada quer mais segurança nas casas noturnas
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code