Quadrilheiros

Condenados pelo STF por formação de quadrilha, Dirceu, Delúbio, Marcos Valério e Genoino agora lutam para tentar sobreviver financeira e politicamente.

Na segunda-feira 22, após 39 sessões, os ministros do Supremo Tribunal Federal confirmaram a denúncia da Procuradoria-Geral da República ao condenar o ex-ministro José Dirceu, o publicitário Marcos Valério, o ex-presidente do PT José Genoino e o ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares pelo crime de formação de quadrilha. Não bastasse serem enquadrados como quadrilheiros pelo STF, os réus do núcleo político petista sofreram outro revés na última semana. O anúncio, na quarta-feira 24, da pena de 40 anos de prisão imposta a Marcos Valério mostrou que a corte será rigorosa com os demais réus condenados no processo do mensalão, o que fatalmente levará muitos outros deles para a prisão. Como os critérios utilizados para punir o empresário servirão de parâmetro, tanto Dirceu como Genoino e Delúbio já avaliam os estragos que uma possível condenação em regime fechado trará.

Conforme apurou ISTOÉ, a preocupação dos réus com o futuro passa pela sobrevivência financeira e política. Hoje atuando como consultor, Dirceu, por exemplo, acredita que irá perder clientes internacionais, até então dispostos a pagar uma fortuna por seus serviços. Nos próximos dias, o ex-ministro pretende concluir trabalhos já iniciados. Mas não tem previsão de novos contratos. Outro petista condenado, José Genoino deixou o cargo de assessor especial do Ministério da Defesa e amigos próximos temem pela sua saúde. Ao menos do ponto de vista financeiro Genoino provavelmente não será abalado. Seus seis mandatos de deputado federal lhe garantirão uma aposentadoria de R$ 19 mil paga pela Câmara dos Deputados. Delúbio, por sua vez, diz oficialmente que seguirá sobrevivendo da imobiliária virtual que abriu.

Fonte: Congresso em Foco

COMPARTILHAR
Artigo anteriorVeja o detalhamento das pesquisas em 34 municípios
Próximo artigoInfortúnio de Serra potencializa Aécio no PSDB
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code