Restam apenas 13 dias para que os pré-candidatos definam o rumo partidário

Por Sandro Gianelli

Evento de filiação do PSC. Reprodução da internet.
Evento de filiação do PSC. Reprodução da internet.

Reforço na nominata

O PSC realizou um ato de filiação que contou com dez pré-candidatos. O evento contou com a presença do presidente nacional da sigla Pastor Everaldo. Entre os novos filiados, dois policiais militares somam os quadros do partido, são eles Ricardo Pato e Jabá.

Chapão militar

O presidente do PSC Zenóbio Rocha espera que mais policiais militares venham reforçar os quadros do PSC, um deles é o Subtenente Hermeto, ex-administrador da Candangolândia e suplente de deputado distrital.

Subtenente Hermeto. Reprodução da internet.
Subtenente Hermeto. Reprodução da internet.

Vantagem

Hermeto entrou em contato com a Coluna e afirmou que diferente das eleições de 2010 e 2014, quando foi candidato pelo PMDB, nas eleições de 2018, não fará mais parte dos quadros do partido. Hermeto tem convites do PSC, Avante, PTB e PP. Por ser policial da ativa não precisa definir seu partido até o dia 7 de abril.

Troca-troca

No dança das cadeiras ainda faltam muitos parlamentares com mandato definirem em que partido irão disputar as eleições de outubro. Celina Leão recebeu convite do PP para disputar uma cadeira na Câmara dos Deputados. Os distritais Cláudio Abrantes, Rodrigo Delmasso, Sandra Faraj, Juarezão, Robério Negreiros e Liliane Roriz ainda não definiram seus rumos partidário.

Dedé solidário

Dedé Roriz se filia ao PHS. Dedé afirmou para a Coluna que estar no Partido Humanista da Solidariedade é dar seguimento ao trabalho de seu tio Joaquim Roriz, que sempre focou na solidariedade. Nos últimos quatro anos Dedé Roriz passou pelo PRTB, PTN/Podemos, PSC e ainda ensaiou passagens por outros partidos.

Comando novo

O Governo do Distrito Federal trocou a diretoria geral do DFTrans após escândalos no órgão. O auditor de controle interno de carreira Marcos Tadeu de Andrade será o novo diretor-geral do DFTrans. Atualmente, Marcos ocupou o cargo de controlador-geral adjunto da pasta.

Cortou na carne

O governador Rodrigo Rollemberg determinou a exoneração de todos os servidores que foram alvo de mais uma fase da Operação Trickster. A Trickster apura desvios no Sistema de Bilhetagem Eletrônica.

* A Coluna é escrita por Sandro Gianelli e publicada de segunda a sexta no Portal Conectado ao Poder, no Jornal Alô Brasília e no Portal Alô Brasília

27d3

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your name here

*

code

Please enter your comment!