Roriz volta a sonhar com o Buriti



rorizO ex-governador Joaquim Roriz voltou esta semana a fazer o que mais gosta: conversar com amigos sobre política, política e política. Há uma razão para isso. Mais magro – perdeu cerca de cinco quilos – Roriz se mostrava disposto, além de otimista para encarar as eleições de 2014, com a certeza de que não será barrado nos tribunais. Embora evite definir-se publicamente, gostaria mesmo é de voltar ao Buriti.

Com uma ação já tramitando no Tribunal de Justiça do Distrito Federal, Roriz pretende obter aval do Judiciário para concorrer. Acha que tem tudo para conseguir. O raciocínio dele é que não sofre impedimento com base na lei da ficha limpa porque jamais foi condenado por colegiado em segunda instância. Mesmo o famoso e polêmico julgamento a que foi submetido no Supremo Tribunal Federal, em 2010, deu empate.

O advogado Paulo Vasconcelos, especializado em questões eleitorais e presidente regional do PTN, acha que são escassas as possibilidades de Joaquim Roriz reunir condições jurídicas de concorrer. Tanto ele quanto o sucessor José Roberto Arruda sofrem processo no Superior Tribunal de Justiça, por acusações relativas à operação Caixa de Pandora. Caracterizada a candidatura, acredita Vasconcelos, os ministros tenderão a acelerar o julgamento. De quebra, o Ministério Público anda ativíssimo nesses processos.

Fica o registro: se o STJ acelerar o julgamento de Arruda ou Roriz, há instrumentos para fazer com que seja remetido a primeira instância, onde começará tudo de novo.

Fonte: Coluna do alto da torre / Jornal de Brasília

COMPARTILHAR
Artigo anteriorRetorno de Magela desaloja Augusto
Próximo artigoArruda mais verde do que nunca
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code