Parece que foi até orquestrado! Com a operação deflagrada pelo Ministério Público e Polícia Civil do DF que colocou o deputado Raad Massouh em situação delicada na política local, a Secretaria de Micro e Pequenas Empresas pode passar para o presidente do PSD-DF, Rogério Rosso.

O governador Agnelo estaria assim, repetindo a provável estratégia nacional de incluir o PSD em sua base. Cabe a avaliação política do governador, de saber qual o ganho nesta ação, já que o PSD perderia imediatamente os seus deputados distritais, que formam a prinicipal base de oposição.

De outro lado, Agnelo pode ter problemas com o vice, Tadeu Fillipelli,  desafeto de Rosso.

Fonte: Blog do Donny Silva

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

três × cinco =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.