Senado instala CPI do Futebol e Romário será presidente da comissão que investigará a CBF



20150714151759167775aAveriguação passa por acordos de publicidade em partidas da Seleção Brasileira.

Um dia após aprovar a Medida Provisória, o Senado Federal instalou na tarde desta terça-feira a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Futebol. Por aclamação, o senador e ex-jogador Romário (PSB-RJ) foi escolhido para presidir a comissão responsável por investigar irregularidades na CBF.

“Espero que com essa CPI possamos repaginar, modernizar e moralizar o que vem acontecendo no nosso futebol”, escreveu Romário nas redes sociais assim que deixou o plenário.

Foi o próprio Romário quem conseguiu instaurar o projeto no Senado, em maio. Ele escolheu o também senador Romero Jucá (PMDB-PE) como relator da comissão. Ambos os cargos foram decididos previamente.

Romário alcança a presidência da comissão da CPI do Futebol após pleitear a posição junto aos líderes das bancadas de PMDB e PT, partidos que juntos têm 32 das 81 cadeiras da Casa e por isso têm preferência na escolha dos cargos.

Composta por 11 membros titulares e oito suplentes, a CPI investigará supostas ilegalidades em contratos envolvendo a CBF pelos próximos seis meses. A averiguação passa por acordos de publicidade em partidas da Seleção Brasileira, além de contratos referentes a torneios nacionais. Tanto a Copa das Confederações de 2013 quanto a Copa do Mundo do último ano também serão investigadas.

Fonte: superesportes.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code