Torre de TV Digital pode reabrir em dois meses

2torre-de-tv-digital-fechada-ha-18-meses-pode-reabrir-em-seis-mesesConstruindo em 2012, projeto de Oscar Niemeyer está fechado há 18 meses por falta de adequações de segurança e acessibilidade exigidas pelos bombeiros, Defesa Civil e Agefis

Com a chegada do mês de abril, a Torre de TV Digital, última obra de Oscar Niemeyer em Brasília, completa 18 meses fechada para visitação. Segundo a Terracap, autarquia distrital que administra a torre, ainda faltam diversas adequações de segurança e acessibilidade exigidas pelos bombeiros, Defesa Civil e Agefis.

A expectativa da Secretaria de Turismo é de que a visitação parcial – com dias e horários específicos –, seja aberta em dois meses. A data exata de reinauguração será divulgada até o aniversário da capital, dia 21 de abril. Em seis meses, a visitação deverá ser restaurada com horário normal.

A torre foi fechada em outubro de 2013, para a instalação de antenas digitais das emissoras de TV aberta. Inaugurada em 2012, a ideia era transmitir sinal digital na Copa das Confederações em junho de 2013, o que não ocorreu. Atualmente, a torre emite sinal digital.

Na época do fechamento, o então presidente da Terracap, Abdon Henrique de Araújo, chegou a declarar que o prazo para as obras serem concluídas poderia se estender até o fim daquele ano ou ao início de 2014.

Segundo a Terracap, as adequações exigidas são referentes a acessibilidade, funcionamento do sistema de incêndio e drenagem de água pluvial.

O secretário de Turismo, Jaime Recena, explicou que o consórcio contratado entregou a obra sem as adequações exigidas no contrato. Após reuniões, o consórcio apresentou um plano de ação e se comprometeu a entregar as modificações demandadas, sem custo adicional para o GDF.

Teatro

Outros pontos turísticos da capital estão fechados para reforma, por exigências de segurança. O Teatro Nacional, por exemplo, está fechado desde 2013 e acabou virando refúgio de moradores de rua.

Em entrevista ao Fato Online, o secretário de Cultura do DF, Guilherme Reis, afirmou que a reforma do Teatro deve custar R$ 220 milhões e “é muito cara”. “Acho muito difícil que nesse ano de 2015 o governo consiga mobilizar esse recurso. O que nós estamos fazendo nesse momento é pensar em um modelo de gestão e governança pra essa reforma. Será feita pelo governo, será feito por PPP, haverá um chamamento internacional”, explicou.

Segundo os Bombeiros, outros pontos turísticos precisam se adequar a exigências de segurança. “A Biblioteca Nacional também possui processo de regularização junto ao CBMDF e depende de uma nova vistoria para verificação do cumprimento de algumas exigências”, explicou o major Murilo, chefe da Seção de Fiscalização do CBMDF.

Resposta

A Secretaria de Cultura do DF entrou em contato com o Portal Fato Online e informou que a restauração do Teatro Nacional vai contemplar:

– escadas, rampas, elevadores e plataformas; banheiros e camarins adaptados; cadeira para obesos, cadeiras para pessoas com mobilidade reduzida (perto de saídas e com um braço articulado); piso podotátil; balcões de informação/bilheteria; estacionamento para idosos e; espaços para cadeirantes com cadeiras para acompanhantes.

A secretaria informa, ainda, que a Biblioteca Nacional já atende às normas de acessibilidade e conta com elevadores, sanitários e estacionamento adaptados, inclusive, com sinalização em braile e elevadores com tamanhos ajustados.

Já, a Secretaria de Turismo informou que o projeto de acessibilidade nos principais pontos turísticos de Brasília está em processo de desenvolvimento em conjunto com o Ministério do Turismo, com aporte de R$ 6 milhões de recursos federais para executá-lo. Os pontos previstos no projeto, de acordo com a secretaria, são: a Catedral Metropolitana, a Torre de TV, alguns pontos do Lago Paranoá, a Praça dos Três Poderes; incluindo o Panteão, Espaço Lúcio Costa e Museu Histórico de Brasília; o Memorial JK, a Torre de TV Digital e os Palácios da Alvorada, Itamaraty, Catetinho e Planalto.

O início das obras está previsto para junho deste ano, para ser concluída antes das Olimpíadas de 2016.

Fonte: Fato Online

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code