Tribunal de Contas de Goiás julga improcedente irregularidades nas contas da prefeitura de Santo Antônio

Por Sandro Gianelli

Tudo certo

O Tribunal de Contas dos Municípios do Estado de Goiás (TCM-GO) julgou improcedente que hajam irregularidades nas contas da Prefeitura de Santo Antônio do Descoberto relacionadas a Secretaria Municipal de Educação no decorrer de 2017. O TCM-GO determinou o arquivamento do processo.

Divergência nas contas

O pedido de auditoria das contas foi feito pela Câmara Municipal de Santo Antônio. O motivo foi a divergência do saldo nas contas da Educação. O lançamento de informações feito no Sistema de Informações sobre Orçamentos Públicos em Educação (SIOPE), de R$ 11,7 milhões, divergia do saldo em conta informado pelo município. 

Decisão aguardada

A prefeitura de Santo Antônio justificou que a divergência foi causada por um erro de transmissão ao SIOPE. Para o prefeito de Santo Antônio, Dr. Adolpho (PSDB), a decisão do TCM-GO era esperada. “Se tentou vincular a nossa gestão com atos de corrupção, algo que nunca teve procedência”, finalizou.

* A Coluna é escrita por Sandro Gianelli e publicada de segunda a sexta no Portal Conectado ao Poder, no Jornal Alô Brasília e no Portal Alô Brasília.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorVídeo | Conectado ao Poder – 11/08/2018
Próximo artigoCandidaturas de militares ganham força em todos os estados
Consultor em Marketing Político; especialista em pesquisa de opinião pública; editor do Portal Conectado ao Poder; escreve a coluna On´s e Off´s, de segunda a sexta, no Jornal Alô Brasília; apresenta o programa Conectado ao Poder, aos sábados, das 6h às 8h, na Rádio 104,1 Metrópoles FM. É presidente da Associação dos Blogueiros de Política do Distrito Federal e Entorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code