“A OAB ainda tem muito a avançar”, pontua Thaís Riedel sobre a instituição ter tido apenas uma mulher na presidência

Da redação

Mesmo as mulheres sendo maioria na advocacia, nenhum nome feminino está na presidência e nem em diretorias de nenhum estado

Para finalizar a conversa com todos os candidatos à presidência da OAB/DF, o programa Conectado ao Poder recebeu a advogada e professora de direito previdenciário Thaís Riedel, que é a candidata pela chapa 61, cujo lema é “Você na Ordem”.

Thaís, que, além de ter sido conselheira da OAB por seis anos, foi candidata a vice-presidente na eleição passada, junto do advogado tributarista Jacques Veloso, percebe o valor da entidade para a sociedade. “Na oportunidade em ser conselheira, eu pude perceber como a ordem é importante, tanto no dia a dia da advocacia, como também para a sociedade”, pontuou.

Com 61 anos no Distrito Federal, a OAB/DF teve apenas uma presidente mulher, a Dra. Estefânia Viveiros, o que leva a advogada a se colocar à disposição à presidência, como liderança feminina. “Com vários colegas me apoiando, eu assumi o compromisso e responsabilidade e estou colocando meu nome à disposição da casa”, disse.

Embora as mulheres sejam maioria na advocacia, a OAB não possui nenhum nome feminino, na presidência e nem em diretorias, em nenhum estado, trazendo para a candidata uma indignação, além da falta de representatividade. “A OAB, que deveria ser a casa da cidadania, ainda tem muito a avançar”, ressalta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui