O BRB já liberou R$ 361 milhões a empresas de diferentes setores e portes por meio do Supera-DF, amplo programa lançado pelo Banco para minimizar os impactos financeiros da crise provocada pela pandemia do Covid-19.

Balanço parcial do BRB fechado nesta quinta-feira (9), mostra que o Banco foi procurado por 1723 empresas, sendo que 1224 não eram clientes da Instituição. Foram abertas 614 contas e aprovados 467 limites de crédito.

“Estamos trabalhando duro para ajudar o DF a superar os impactos econômicos da pandemia do novo coronavírus. Como Banco público, nosso papel é estar ao lado do povo e das empresas do Distrito Federal”, afirma o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa.

O Supera-DF foi lançado há pouco mais de 20 dias e engloba, no total, a liberação de R$ 1 bilhão em linha de crédito destinada a vários setores da cadeia produtiva.

O programa também prevê oferta de carência de até três meses para pagamento de crédito imobiliário e outras operações parceladas para pessoas jurídicas e físicas.

Fonte: Assessoria de Comunicação do BRB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui