“O PDT não está partido”, afirma Cláudio Abrantes

Da redação

Deputado Distrital diz que o partido sempre deu liberdade a seus filiados para adotarem o posicionamento mais adequado com seu pensamento

Léo Bijos foi recentemente exonerado da Secretaria de Juventude. Além disso, Reginaldo Veras adotou uma postura mais ligada à oposição do governo Ibaneis Rocha (MDB). No entanto, Cláudio Abrantes segue firme como líder do Executivo na Câmara Legislativa. O que essas três figuras têm em comum é o fato de comporem o PDT no DF.

Porém, apesar das discrepâncias, Abrantes não acredita que a sigla esteja rachada na capital. “O PDT não está partido. O partido sempre deu liberdade a seus membros”, ressalta o parlamentar.

Ele lembra que na gestão passada do GDF, o partido apoiava Rodrigo Rollemberg, mas foi dada a Cláudio Abrantes total liberdade para encabeçar a oposição ao então governador, inclusive para não apoiar o socialista nas eleições, apoiando o governador Ibaneis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui