O deputado distrital, Delmasso foi enfático ao propagar a necessidade de se combater outro vírus. O da dengue.

No Programa Conectado ao Poder da TV União desta terça-feira o jornalista Sandro Gianelli entrevistou o vice-presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal Delmasso.

Sobre as ações do legislativo o deputado diz que a Câmara fez seu papel aprovou leis e destinou orçamento para compra de EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual) e outros equipamentos.

Ações do legislativo travadas pela burocracia

O deputado fez uma critica à burocracia na execução da leis aprovadas. A lei que dá desconto as mensalidades para os pais de rede privada de ensino, por exemplo, ainda não foi autorizada pela justiça. “Ou sanciona ou veta né?” diz o deputado.

Monitoramento das doenças

O deputado disse ter montado no seu gabinete da vice-presidência um painel de monitoramento da evolução da pandemia no Distrito Federal e disse que a preocupação com os casos de dengue é grande relatando que há na capital do Brasil 18 mil casos.

“Isso pra mim é um absurdo. A batalha contra a dengue é permanente.”

Projeto de auxílio emergencial

Institui o Plano Emergencial de Manutenção da Renda para trabalhadores que perderam seus empregos em virtude da pandemia do coronavírus. Pela proposta, os desempregados terão direito a receber um benefício emergencial de um salário mínimo (R$ 1.045,00), a ser pago em três parcelas.Delmasso esclarece que este projeto tem que ter o aval de três Secretarias até ser liberado para população. Ele avalia que devido ao Estado de Calamidade pública “dá pra fazer”.

Hospital de Campanha

O distrital lembrou que nesta quarta-feira foi aprovado pelos deputados distritais uma valor de R$ 57 milhões em créditos para aquisições de novos testes do Covid-19 e para investir no Hospital de Campanha, ação que permitirá a liberação de mais recursos do governo federal.

“A Câmara tem feito seu papel, tem respondido rapidamente, agora, os auxiliares do governador Ibaneis precisam ter a agilidade do governador Ibaneis” destacou Delmasso.

 Drive Thru da oração

As igrejas, por causa da pandemia, não estão fechadas apenas não podem reunir pessoas nos templos para evitar aglomeração.

Os cultos em casa e o isolamento social tem proporcionado uma adesão de até 92% aproximadamente dos fiéis nos cultos pela internet e tem ampliado o alcance de outras pessoas com esta modalidade de cultos. Lembrando que o deputado também é pastor da Igreja Sara Nossa Terra.

Reuniões virtuais – teleconferência

O distrital afirmou que as reuniões plenárias voltaram a acontecer presencialmente pós-pandemia, mas que o mesmo já apresentou proposta.

“Vamos utilizar essa ferramenta para ampliar a participação da sociedade.”

Delmasso apresentou o Projeto de Resolução que cria as audiências públicas remotas.

As reuniões via internet proporcionam aos deputados uma maior participação. A presença dos deputados foi impulsionada pelo registro em painel eletrônico, segundo Delmasso com uma presença em torno de 62% de sessões com quórum antes do painel. Depois da instalação subiu para 75%. E com as sessões remotas o percentual  chega aos 92%.

A média de votação de projetos aprovados tem sido de 15 a 20 por sessão em primeiro e segundo turno, destacou o deputado.

Fonte: DF Mobilidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui