Deputado Iolando Almeida garante o direito de pessoas com deficiência para a compra de ingressos pela internet

A proposta que disciplina a venda de ingressos pela internet para eventos culturais para pessoas com deficiência foi aprovada pela CAS

Para o deputado não há justificativa válida para que a pessoa com deficiência não possa efetuar a compra de ingressos no próprio site que os comercializa.

A Comissão de Assuntos Sociais da Câmara Legislativa aprovou em reunião o Projeto de Lei nº 5, de 2019, de autoria do Deputado Iolando Almeida. O projeto apresenta regras para a venda de ingressos na internet para shows, espetáculos, peças teatrais, exibições de filmes e outras atividades recreativas e culturais.

Com a proposta, os sites eletrônicos não poderão impor nenhuma forma de limitação na venda online de ingressos às pessoas com deficiência e a comprovação da existência de deficiência para qualquer fim, somente poderá ser exigida no momento do acesso aos locais de realização das atividades.

Atualmente, as pessoas com deficiência tendem a ter limitações quando buscam efetuar a compra de ingressos pela internet para atividades culturais e recreativas. Uma vez que muitos sites não permitem que essa comercialização se faça no próprio ambiente virtual. O deputado, alegou que verifica-se que, em inúmeras situações, a pessoa com deficiência só consegue efetuar a compra através de telefone indicado no próprio site.

Não há justificativa válida para que a pessoa com deficiência não possa efetuar a compra de ingressos no próprio site que os comercializa. Trata-se de comportamento discriminatório que deve ser combatido de forma veemente pelo poder público” afirma o deputado Iolando.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code