Flávio Bolsonaro defende o pai nas redes sociais e critica investigação sobre presentes recebidos

Da redação do Conectado ao Poder

Senador acusa perseguição e covardia contra o ex-presidente Jair Bolsonaro

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) utilizou suas redes sociais nesta terça-feira (9) para defender o pai, o ex-presidente Jair Bolsonaro, diante das investigações sobre os presentes recebidos durante seu mandato. Em uma série de tweets, Flávio afirmou que a insistência em perseguir Bolsonaro por causa de presentes recebidos dentro da lei é uma covardia e criticou o relatório da Polícia Federal (PF) sobre o caso.

“Remédio em excesso vira veneno”, escreveu o senador, sugerindo que a perseguição está gerando uma reação contrária e aumentando o apoio popular ao ex-presidente. Flávio argumentou que cada vez mais pessoas estão indignadas com o que ele considera uma perseguição covarde contra seu pai.

Em outro tweet, Flávio Bolsonaro apontou que o relatório da PF diz mais sobre a atual gestão do órgão sob o governo de Lula do que sobre Jair Bolsonaro. Ele lembrou que, no governo passado, a imprensa estaria investigando quais policiais o ex-presidente estaria usando para perseguir adversários.

A defesa pública de Flávio ocorre em meio a um cenário de polarização política no país e às vésperas de novos desdobramentos das investigações. Jair Bolsonaro tem negado qualquer irregularidade nos presentes recebidos, afirmando que todos estão dentro das normas legais.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui