Guarda Janio recorre ao TSE para posse como Deputado Distrital

guarda janioEu creio na justiça de deus e confio na sensibilização do coração dos ministros do TSE! dois desembargadores do tribunal regional do distrito federal me deram posse imediata ao cargo de deputado distrital nas eleições de 2010, mas o posicionamento dos magistrados aguarda decisão final dos sete ministros do Tribunal Superior Eleitoral.

Fui injustiçado até agora! Sou filho de uma família humilde e por três vezes concorri ao cargo de Deputado Distrital nas Eleições de 2002, 2006 e 2010, sendo que obtive, respectivamente nesses pleitos, 3.310 votos, 6.441 votos e, na última eleição, 13.735 votos.

Fui injustiçado, pois nunca me deram espaço para trabalhar pela população.

No entanto, mesmo sem apoio, a comunidade felizmente reconhece todo o trabalho comunitário que desempenhei por todos esses anos. Quero ser o diferencial dentro da categoria Policial Militar, pois sempre fui um trampolim para as outras pessoas oportunistas em virtude do bom coração que tenho. Muitos já me enganaram com promessas falsas, mas uma coisa é certa, nunca desistirei, porque sirvo um Deus da vitória e aguardo a decisão eleitoral confiante.

Não entendo como o julgamento deste caso perdura por mais de 2 (dois) anos e não haja, até então, uma resposta definitiva. A Lei é clara ao dispor que a prática do abuso do poder econômico e da compra de votos ensejam, por consequência, a nulidade dos votos obtidos e a cassação do diploma/mandato.

Se os votos não podem ser considerados válidos para o candidato que praticou os ilícitos eleitorais, por óbvio não podem beneficiar outro candidato do mesmo partido, pois são os mesmos votos e continuam viciados!

A Lei é bem clara e neste caso deveria haver a perda imediata do mandato ocupado ilicitamente. Ademais, ainda existe a agravante de parlamentar ter exercido o cargo de Deputado Distrital durante 1 (um) ano, por força de liminar, mas posteriormente ter tido o mandato cassado.

Diante de tantas injustiças eleitorais ocorridas nesses anos, as quais foram noticiadas na televisão e nos demais meios de comunicações, não consigo entender a situação atual que vivemos no Brasil. Creio em uma reviravolta em 2013 e um milagre de Deus neste caso. Acredito em uma decisão final do TSE neste mês de fevereiro, pois não agüento mais esta angústia que estou vivendo. O Dr. Jackson Di Domenico está nesta causa e me estendeu a mão por acreditar que a legislação eleitoral irá fazer justiça neste país, seja pela vontade do povo, seja pela vontade de Deus!

Por Guarda Janio

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui