Lei do deputado Martins Machado visa contribui na luta contra a Dengue

A edição do Diário Oficial do Distrito Federal desta quarta-feira (02) traz a publicação da lei N° 7306-2023, de autoria do deputado distrital Martins Machado (Republicanos- DF), que visa instituir o método Wolbachia como diretriz complementar do controle biológico de combate ao mosquito Aedes aegypti. O método tem se mostrado eficaz no controle de doenças transmitidas pelo mosquito, com resultados promissores em diferentes Estados.

Essa abordagem tem a vantagem de ser considerada segura para o meio ambiente e não envolve o uso de produtos químicos, como inseticidas. Atualmente, o Rio de Janeiro (RJ), Niterói (RJ), Campo Grande (MS), Belo Horizonte (MG) e Petrolina (PE) utilizam o método obtendo bastante êxito.

Para o parlamentar a prevenção desempenha um papel fundamental no combate ao mosquito Aedes aegypti “É importante ressaltar que o método Wolbachia é mais uma das estratégias disponíveis na luta contra a dengue e outras doenças transmitidas por esse mosquito. É importantíssimo que as medidas tradicionais como eliminação de criadouros, limpeza de quintais e terrenos e caixas d’água, também sejam adotadas rotineiramente para complementar uma abordagem de controle mais abrangente”, enfatiza.

O Distrito Federal registrou 13.497 casos prováveis de dengue até o mês de maio deste ano. Já em 2022, no mesmo período, foram registrados 37 mil casos prováveis. Também foram contabilizados 295 possíveis casos de chikungunya ante 258 no mesmo período do ano passado.

- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui