Reforma Administrativa vai demorar até gerar economia

Da redação

Após a regulamentação, é preciso que os novos servidores sejam contratados

Em entrevista ao Programa Conectado ao Poder, da TV União, Fábio Lima, advogado especialista em direito administrativo, descarta que a economia prevista pela Reforma Administrativa seja de imediato. 

“A reforma passa a gerar economia somente, após ser regulamentada, as novas carreiras que virão começarem a tomar posse a partir do estabelecido na legislação. Cerca de dois anos após a regulamentação, mais ou menos. Daí pra frente que passa a ter economia”, explica o advogado.

De acordo com ele, para ocorrer algo relevante, de fato, “é preciso aumentar a quantidade de contratado por tempo determinado, e baixar o salário desses contratados”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui