Administrador temia o domínio da milícia em Pôr do Sol e Sol Nascente

Da redação

Goudim Carneiro disse que a chegada de equipamentos públicos foi fundamental para combater a criminalidade na região

À frente da Administração Regional de Pôr do Sol e Sol Nascente desde o início do ano passado, o empresário Goudim Carneiro disse que, por pouco, a milícia não ficou com o controle da região. Em entrevista ao Programa Conectado ao Poder, da TV União, o político disse que a chegada dos equipamentos públicos foram fundamentais para combater o crescimento da violência.

“Para trazer benefício tem que ter poder. Então precisamos criar uma região administrativa com autonomia e capaz de buscar recursos para subsistir”, disse Goudim. “Se os equipamentos públicos não entrassem, a milícia teria tomado conta”, crava.

Na opinião do administrador, a principal dificuldade foi lutar contra a ocupação desordenada e o crescimento sem planejamento.

Um desafio, porém, para ele é que “existem pessoas poderosas com interesse de ficar daquele jeito”. “Esses poderosos fabricam os cabos eleitorais para baterem de porta em porta durante às eleições. E isso é um risco para a população”, acredita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui