Pábio Mossoró lidera pesquisa com 35% na corrida pela prefeitura de Valparaíso de Goiás

O candidato da coligação “Pra Frente Valparaíso”, Pábio Mossoró, lidera pesquisa estimulada da Real Time Big Data de intenções de voto para a prefeitura de Valparaíso de Goiás. A deputada estadual Lêda Borges foi a campeã de rejeição, demonstrando que o povo de Valaraíso não quer voltar ao passado.

A votação estimulada — quando os nomes dos candidatos são apresentados ao eleitor  mostrou , Pábio Mossoró registrou 35%, em segundo ficou a deputada estadual  Lêda Borges (PSDB) obteve 22%, o Professor Silvano totalizou 11% e Elvis Santos, 3%. Marcelo Sorriso, Syrley Azevedo e Valmir Pereira tiveram 1%. Os votos brancos e nulos tiveram 12%. E não souberam/não responderam 14%.

A TV Record divulgou os resultados nessa terça-feira (6). O levantamento foi realizado entre os dias 30 setembro e 3 de outubro.

Pesquisa espontânea anterior

Na última pesquisa realizada pelo mesmo instituto, entre os dias 24 e 27, na quinta-feira (30), indicou que se eleição fosse realizada naquele momento o prefeito seria reeleito. AS respostas foram estimuladas. Mossoró teve 36%, a deputada estadual Lêda Borges (PSDB), ficou com 20%, o Professor Silvano registrou 7% e Afrânio Pimentel (PP) com 6%. O Coronel Ferreira aparece com 3%. Élvis Santos e Maria Yvelônia têm 2%. Marcelo Sorriso (PSD) e Sara Damas tinham 1%. Não sabem/não souberam 6%. 16 nulos 3 brancos.

Portanto, Pábio saltou de 20% para 35%, enquanto Lêda subiu de 4% para 22%. Já o Professor Silvano conseguiu crescer de 2% a 11%.

Espontânea

Na votação espontânea, quando não são apresentados os nomes dos candidatos ao eleitor. E a indicação é livre. Nesse cenário, Pábio Mossoró ficou com 23% das intenções de voto. Em segundo lugar, Lêda Borges obteve 12%. Enqunanto Professor Silvano reistrou 5%. Outros candidatos ficaram com 3%. Votos bancos e nulos 21%. Não souberam responder 36%

Rejeição

No cenário da pesquisa referente à rejeição estimulada, onde o entrevista não votaria de jeito nenhum.

A liderança de rejeição, ficando bem claro que a população não quer voltar ao passado,  ficou com Lêda Borges com 27%. Seguida por Pábio Mossoró com 20%, Professor Silvano (8%), Elvis Santos (7%), Valmir Ferreira (2%), Marcelo Sorriso, Syrley Azevedo alcançaram 1% cada. A rejeição a todos os candidatos totalizou 14%, ou seja não votariam em nenhum dos candidados. E 11% não rejeitaram nenhum deles.  Já 9% não souberam opinar.

A pesquisa também quis saber qual é a avaliação da prefeitura, cujo mandatário é Pábio Mossoró que luta pela reeleição.

Para os entrevistados, quanto à avaliação Ótimo/Bom totalizaram 32%, Regular (38%). E Ruim/Péssimo (27%). Não souberam responder (3%).

Aprovação da prefeitura

Quando questionado se aprovam a gestão de Pábio o resultado foi (49%). Desaprova (40%). Não responderam (11%).

Nesta pesquisa, os candidatos já estão definidos, sem aqueles pré-candidatos, o cenário ficou mais claro. Pábio Mossoró lidera e os demais terão que trabalhar muito para alcançá-lo.

Vale lembrar que as eleições serão realizadas em 15, primeiro turno, e 29 se houver, segundo turno do mês de novembro.

Metade dos eleitores de Valparaíso aprovam Caiado

Pesquisa realizada pelo Instituto RealTime Big Data revelou que o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), com eleitores de Valparaíso de Goiás, teve 50% de aprovação na gestão. Segundo o levantamento os que desaprovaram o governo Caiado somaram 36%. Enquanto 14% não souberam responder.

Governo Bolsonaro aprovado com 53%

Já em relação ao presidente Jair Bolsonaro, a aprovação do governo federal foi de 53%. Já os que desaprovam o mandato do presidente o total foi de 41%. E 6% não souberam responder.

A pesquisa foi realizada entre os dias 30 de setembro e 3 de outubro, entrevistou 600 eleitores de Valparaíso de Goiás com margem de erro de quatro pontos percentuais para mais ou para menos

Por Maurício Nogueira
Fonte: Tudo Ok Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui