PCDF: Operação Mau Negócio prende dois anunciantes de produtos de crime em Ceilândia

- Publicidade -

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), por meio  da 15ª DP, deflagrou duas novas fases da Operação Mau Negócio e prendeu em flagrante dois homens que anunciavam produtos de crime online. As ações ocorreram em Ceilândia nesta semana.

Na terça-feira (7), um homem, de 24 anos, foi preso após anunciar uma bicicleta furtada para venda em uma plataforma de marketplace. A bicicleta havia sido furtada no último dia 25 de abril  e estava sendo vendida por R$ 1,2 mil.

A vítima viu o anúncio e, com o apoio da 15ª DP, marcou um encontro com o vendedor fingindo interesse na compra. Ao chegarem no local combinado, próximo ao Metrô de Ceilândia, os policiais abordaram o suspeito e encontraram a bicicleta no porta-malas do carro.

- Continua após a publicidade -

A vítima reconheceu a bicicleta como sua e apresentou a nota fiscal de compra, comprovando que ela havia pago R$ 2,9 mil pelo bem. O autor, que alegou ter comprado a bicicleta por R$ 655, em janeiro deste ano, foi preso em flagrante pelo crime de receptação qualificada, cuja pena pode chegar a oito anos de reclusão.

Um segundo homem, de 29 anos, foi preso após anunciar um veículo roubado no site OLX. A vítima viu o anúncio e acionou a PCDF. Os policiais entraram em contato com o anunciante fingindo interesse na compra do veículo, que estava sendo vendido por R$ 42 mil.

O encontro foi marcado próximo ao Shopping JK, onde os policiais constataram que o veículo estava com placas adulteradas e que havia um homem em seu interior. Ao ser abordado, o autor quebrou seu celular e foi preso em flagrante.

“Na delegacia, foi apurado que ele já havia sido condenado por roubo triplamente circunstanciado, em 2015, e estava em regime aberto de cumprimento de pena. O homem foi preso pelo crime de condução de veículo, com placa adulterada, cuja pena pode variar de 3 a 6 anos de reclusão”, informa o delegado-chefe da 15ª DP, João Ataliba Neto.

Combate ao Crime e Proteção à Propriedade

Operação Mau Negócio visa combater o comércio ilegal de produtos de crime no Distrito Federal. A PCDF alerta a população para os riscos de comprar produtos online, principalmente sem nota fiscal ou com preços muito abaixo do mercado.

Fonte: PCDF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui