Da redação

Poder Executivo local destaca que ouvir e atender o setor produtivo vai ser a receita

Que o mundo, o Brasil e o Distrito Federal vivem uma grande crise relacionada à saúde é inegável. No entanto, é preciso pensar no que vai vir depois: uma possível e grave crise econômica. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, José Eduardo Filho, o Governo do Distrito Federal está se preparando para esse momento pós-pandemia.

“Estamos fazendo um diálogo com o setor produtivo. Todas as pastas relacionadas a emprego e renda estão buscando diálogo com o empresariado”, destaca o secretário.

Segundo José Eduardo, é preciso ouvir o empresariado para saber o que o governo pode fazer para “estender as mãos”. Em entrevista ao programa Conectado ao Poder, da TV União, ele afirmou que tem sido uma relação sinérgica para buscar soluções. “Esse momento é vital para a sobrevivência dessas empresas”, acredita. O representante do governo cita, por exemplo, que BRB, com Supera-DF, tem jogado créditos para os empresários de pequeno porte seguirem com seus negócios.

“É necessário saber que o momento é atípico”, pondera. Ele explica que, durante a pandemia é preciso ter percepção de que as burocracias são necessárias, mas precisam ser encaminhadas, pois os empresários não podem continuar sangrando.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui