Robério Negreiros quer estudo técnico para definir aumento de passagens de ônibus

Durante uma reunião do Grupo de Trabalho (GT) da Câmara Legislativa do Distrito Federal, nesta quarta-feira (15), o deputado distrital, Robério Negreiros (PSD), se manifestou favorável a realização de um estudo técnico para definir o aumento das passagens de ônibus no Distrito Federal. O GT, criado para discutir o aumento das tarifas, se reuniu com representantes de movimentos da sociedade civil. No dia anterior ao encontro foi assinado pela mesa diretora o ato que determina um estudo em 7 dias pelas unidades técnicas das comissões CEOF, Cedestmat e CCJ para realizar estudo sobre a real necessidade do reajuste.

Desde segunda-feira (13), os brasilienses tiveram um acréscimo de 10% nas passagens de todos os percursos de ônibus e metrô. Todas as 826 linhas de ônibus, incluindo circulares internas (141), curtas (273) e longas/integração (412), passarão pelo reajuste de preços que variam de R$ 2,75 a R$ 5,50.
Segundo o secretário de Transporte e Mobilidade, Valter Casimiro, a dívida do GDF com as empresas de ônibus chega a R$ 247 milhões. Somente em 2019, o subsídio chegou a mais de R$ 700 milhões, de acordo com a pasta.

O último reajuste nas passagens de ônibus em Brasília ocorreu em 2017. As tarifas nas linhas internas subiram de R$ 2,25 para R$ 2,50 (nas de ligação curta), de R$ 3 para R$ 3,50 (circulares) e de R$ 4 para R$ 5 nas viagens de longa distância, integração e metrô.

Para o deputado, Robério Negreiros, nenhum aumento é bom em tempos de crise, pois onera a população. Tanto o GDF como a Câmara Legislativa devem por meio de um estudo, tentar minimizar o reajuste da tarifa e continuar evitando eventuais desfalques, como falhas e fraudes no sistema de bilhetagem, como já foi de forma exemplar corrigido no atual governo, com a extinção do antigo DFtrans e a retirada da bilhetagem da Secretaria de Transporte e Mobilidade para o Banco de Brasília – BRB. “Como membro da mesa e tendo assinado o ato que determina o referido estudo em 7 dias, aguardarei o estudo técnico para poder me balizar quanto ao meu posicionamento”, ressaltou o parlamentar.

Fonte: ASCOM do deputado distrital Robério Negreiros

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*

code